RCB/TuneIn
Sexta, 24 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
GARDUNHA: EMPRESÁRIO DOA 30 MIL ÁRVORES
Rádio Cova da Beira
José Gameiro, da empresa Silvapor-Ambiente e inovação, com sede em Idanha a Nova, decidiu doar 30 mil alvéolos para serem plantadas árvores que irão reflorestar a Serra da Gardunha, depois do incêndio que no passado mês de Agosto consumiu cerca de sete mil hectares desta área protegida.
Por Paula Brito em 16 de Oct de 2017
 

"Não podia virar as costas à Gardunha, a Gardunha é nossa. O concelho onde eu resido não toca com a Gardunha, mas somos beirões.” Referiu José Gameiro disponível também para colaborar na construção do viveiro “as árvores que fizermos agora ficam em viveiro um ano, só para o próximo Outono é que estarão em condições de serem plantadas no terreno.”

Um apoio que segundo o empresário representa um montante de 15 mil euros, no imediato, mas que vai permitir reflorestar 60 hectares na Gardunha.

Os alvéolos servem para germinar as plantas que estarão em viveiro, no ex-seminário do Fundão, onde segundo Paulo Fernandes está uma equipa e um viveiro montado para receber as sementes, nomeadamente de carvalhos e castanheiros, que as associações, movimentos cívicos, escolas e outros estão a recolher para ajudar na reflorestação da Gardunha.

O presidente da Câmara do Fundão recorda que estão abertas, desde o final da passada semana, as candidaturas para apoiar os agricultores que foram afectados pelos incêndios. “Todas as candidaturas serão feitas on-line, temos uma equipa no município, estamos também a falar com as juntas de freguesias para facilitar a introdução dos dados on line para a formalização das candidaturas que até 5 mil euros apoiam a 100% os prejuízos, valores superiores a 5 mil euros serão apoiados em 50%”.

Segundo o autarca são cerca de 240 os agricultores do concelho do Fundão afectados pelos incêndios e os prejuízos estão próximos dos 4 milhões de euros.   


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados