RCB/TuneIn
Sexta, 20 Out 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CORTES DO MEIO: PASTORES AGRADECIDOS
Rádio Cova da Beira
Os pastores de Cortes do meio (Covilhã) estão muito agradecidos a todos quantos os têm apoiado a minimizar os prejuízos provocados pelo incêndio que no passado dia 20 de Agosto devastou a encosta da Serra da Estrela.
Por Paulo Pinheiro em 12 de Oct de 2017

Nélson Reis, o mais jovem pastor da aldeia, olha com mágoa para o cenário negro que as chamas deixaram e a destruição que provocaram. “Ficámos sem nada” lamenta à RCB. Às portas da transumância, quando as ovelhas descem da serra para o vale, o guardador de gado vaticina que os tempos que aí vêm vão ser difíceis

“Se tivesse chovido já tinha nascido alguma erva, assim não vamos ter nada. Vamos tentar arranjar alternativas noutros concelhos e levar o gado para lá porque aqui não temos capacidade de o alimentar. Vai ser muito complexo”, admite.

Filho de pastor, faltam palavras a Nélson Reis para agradecer tudo aquilo que está a ser feito +pelos cerca de 10 pastores que Cortes do Meio ainda tem

“Estão-nos a ajudar muito. Agradeço à população, que tem estado a contribuir para a conta solidária que foi criada, à Filarmónica Cortense que nos apoio com a festa, e ainda destaco duas pessoas de Cortes do Meio que estão a mobilizar pessoas, residentes em vários países, para darem o seu donativo. Obrigado”, conclui.

A Filarmónica Recreativa de Corte do Meio ajudou com o certame “Pastores 2017”, mas na onda de apoio foi criada uma conta solidária pelos Baldios de Cortes do Meio exclusivamente direcionada para esta situação, nomeadamente para salvar os animais.

A ideia partiu do filho de Gabriel Mendes, que reside na Bélgica. Desde sempre amigo dos animais, causa que abraça com entusiasmo, logo que soube das consequências o incêndio em Cortes do Meio telefonou ao pai para que fosse impulsionador de um movimento de apoio para salvaguarda das ovelhas e cabras da aldeia. Como individualmente não era possível, a direcção dos Baldios aceitou esta tarefa e criou um Fundo de Apoio Solidário, depois começaram os contactos para vários amigos a residir em diferentes países

“Houve a ideia de contactarmos amigos que temos em França, que já contribuíram, o meu filho na Bélgica também falou com vários amigos, que já entregaram donativos, um cunhado meu que tem um genro em África do Sul fez a mesma coisa, e foi assim que nasceu esta onda”, explica à RCB Gabriel Mendes.

A estas ajudas juntaram outras oriundas da Suíça e tornaram possível um primeiro apoio efectivo

“Já foi feita uma primeira entrega de feno, distribuída pelos pastores, penso que representa um investimento de 1.400 euros de alimentação para os animais e espero que seja possível ainda angariar mais um bocadinho para os ajudar”, frisa.

Gabriel Mendes, natural de Cortes do Meio, há quase meio século em França, onde desempenhou funções de supervisor de produção de componentes para automóveis, espera que o Fundo Solidário criado possa continuar a ajudar. O número da conta está disponível no site dos Baldios de Cortes do Meio.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados