RCB/TuneIn
Segunda, 27 Set 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
DUAS OBRAS: O MESMO AMOR AO TERRITÓRIO
Rádio Cova da Beira
Várias dezenas de pessoas marcaram presença, em São Jorge da Beira, na apresentação de dois livros escritos por naturais daquela freguesia do concelho da Covilhã.
Por Nuno Miguel em 11 de Oct de 2017
“A Minha Musa é o Picoto” é um trabalho de José Monteiro Loureiro e que foi apresentado a título póstumo pela filha do autor. Rita Loureiro sublinha que o pai sempre manteve uma grande ligação às suas raízes e a publicação deste trabalho representa o concretizar de um sonho que sempre acalentou durante a vida “o meu pai sempre teve a ideia de um dia lançar um livro mas não teve hipótese de concretizar esse projecto enquanto foi vivo. Ele adoeceu subitamente e foi tudo muito rápido. De qualquer maneira enquanto foi registado os direitos de autor dos seus poemas teve sempre como musa o picoto, que no fundo é o local onde está São Jorge da Beira. E eu achei que este era o título ideal porque achei que seria algo que ele também iria escolher e é assim que surge este livro”.
“Meus Versos de Amor e Mágoa” de Maria Albertina Amélia é o segundo livro de poesia apresentado pela autora na sua terra natal. Um trabalho onde estão escritos um conjunto de poemas sobre momentos e vivências à volta das terras do couto mineiro. A inauguração do centro comunitário das Minas da Panasqueira ou a requalificação do monumento do Cristo operário são alguns dos episódios recordados. Facto que deixa a sua autora muito feliz “estou muito feliz porque já é o segundo livro que edito e para mim é algo que tem muito valor porque eu escrevo com o coração nas mãos. Tudo aquilo que escrevo é real e não há aqui nenhuma fantasia. Eu até costumo dizer que ponho o coração nas mãos para escrever porque não tenho qualquer estudo e por isso tudo o que digo é muito simples e tem sempre por base o que sinto no meu coração”. 
Trabalhos que, de acordo com o presidente da junta de freguesia de São Jorge da Beira, José Trindade Branco “dão-nos a força necessária para continuar a saber sonhar”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados