RCB/TuneIn
Segunda, 09 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ENSINO SUPERIOR: BEIRA INTERIOR COM 481 VAGAS PARA A 3ª FASE
Rádio Cova da Beira
Conhecidos os resultados da segunda fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior, a UBI fica com 46 lugares disponíveis para a terceira e última fase do concurso de acesso ao ensino superior, o IPCB com 287 e o IPG com 148.
Por Paulo Pinheiro em 28 de Sep de 2017

A Universidade da Beira Interior colou nesta segunda fase 298 novos alunos e esgotou as vagas em 24 cursos de 1.º Ciclo e/ou Mestrado Integrado.

 

Há apenas 46 lugares disponíveis para o período de candidaturas que se segue, em cinco formações: Arquitetura (1), Bioengenharia (7), Engenharia Civil (23), Optometria e Ciências da Visão (12) e Química Industrial (3).

 

O Mestrado Integrado em Medicina continua a ser o curso com a média de entrada mais alta. Os colocados nesta fase ultrapassaram os 184,8 de nota de candidatura. Seguiu-se Engenharia Aeronáutica, com 167,3, e Ciência Política e Relações Internacionais, com 158,3.

 

“Concluída a 2.ª Fase, a UBI volta a ter um bom resultado no processo de colocação de âmbito nacional, depois de ter preenchido 95% das 1.245 vagas abertas este ano. A instituição manteve assim a tendência de crescimento, tendo atraído 1.186 novos estudantes”, refere a instituição

 

O período de matrícula e inscrição para os alunos agora colocados começa hoje, 28 de setembro, e termina na segunda-feira, dia 2 de outubro. Na UBI, o atendimento está a funcionar desde as 9h00, no edifício do Polo I. Em alternativa, a matrícula e inscrição pode ser feita online.

 

O Instituto Politécnico de Castelo Branco fica com 287 vagas para a terceira fase, na primeira das 881 vagas colocadas a concurso foram ocupadas 487 na primeira fase, mais 64 que no ano anterior (uma taxa de 55.3%).

Vagas para a terceira fase

- Escola Superior Agrária de Castelo Branco: Agronomia 21; Biotecnologia Alimentar 23, Engenharia de Proteção Civil 19, Produção de Alimentos e Nutrição Humana 25,

- Escola Superior de Educação de Castelo Branco: Educação Básica 12, Secretariado 6

- Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco: Engenharia Civil 25, Engenharia das Energias Renováveis 25, Engenharia Eletrotécnica e das Telecomunicações 22, Engenharia Industrial 24, Tecnologias da Informação e Multimédia 16,

- Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova: Contabilidade e Gestão Financeira 14, Gestão Comercial 21, Gestão Turística 17,

- Escola Superior de Artes Aplicadas: Design de Comunicação e Audiovisual 3, Design de Interiores e Equipamento 11, Design de Moda e Têxtil 3,

 

 

O Instituto Politécnico da Guarda tem 148 vagas para a terceira fase:

 

-Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto, Animação Sociocultural 13, Comunicação Multimédia 1, Educação Básica 18

 

- Escola Superior de Tecnologia e Gestão: Contabilidade 5, Design de Equipamento 17, Energia e Ambiente 22, Engenharia Civil 24, Engenharia Topográfica 20,

- Escola Superior de Turismo e Hotelaria: Gestão Hoteleira 16, Restauração e Catering 12

 

 Na segunda fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público de 2017 foram colocados 9831 estudantes em complemento com as colocações já divulgados para a 1ª fase, representando um aumento de 2.6% face à mesma fase do concurso nacional de acesso do ano anterior.

 

Deste modo, no conjunto da primeira e segunda fases já ingressaram no ensino superior público, através do concurso nacional de acesso, 47173 novos estudantes    (+2,9% que em 2016, incluindo estudantes matriculados na 1.ª fase e colocados na 2.ª fase). Na primeira fase do concurso nacional de acesso já tinham sido colocados 44 9231 estudantes dos quais se matricularam 39662 (88,3%), mantendo o padrão de anos anteriores.

A colocação de estudantes nesta 2.ª fase confirma as estimativas de ingresso no ensino superior público, que apontam para cerca de 47.000 novos estudantes a ingressar por via do concurso nacional de acesso e para cerca de 73 mil novos estudantes quando consideradas todas as vias de ingresso.

Os dados da 2ª fase mostram ainda que 40% dos estudantes foram colocados na sua 1.ª opção e que 4674 estudantes foram colocados no ensino politécnico público e 5157 no ensino universitário, representando um acréscimo de, respetivamente, 2% e 3% face a igual fase do ano anterior.

 

DGES, UBI  e RCB


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados