RCB/TuneIn
Sexta, 20 Out 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
UBI: CONSELHO GERAL RECONHECE SUB-FINANCIAMENTO
Rádio Cova da Beira
Conselho geral da Universidade da Beira Interior reconhece sub financiamento da universidade e condicionantes que levaram o reitor a não submeter o orçamento à Direcção Geral do Orçamento. O assunto foi longamente discutido esta manhã na reunião pedida por António Fidalgo ao presidente do Conselho Geral.
Por Paula Brito em 22 de Sep de 2017
 

 “Foi feita ao longo da manhã uma longa discussão da realidade orçamental da universidade e foi reconhecido por todos os membros do conselho do geral as condicionantes que foram identificadas, em particular a realidade que a dotação do Orçamento de Estado para a UBI é relativamente baixa em relação à média nacional”, referiu no final à comunicação social José Ferreira Gomes.

António Fidalgo saiu confortado da reunião do conselho geral pelo apoio manifestado pelo órgão máximo da Universidade da Beira Interior. “Saí confortado com a posição do Conselho Geral de apoio à posição que tomei de cumprir a lei e de não submeter contas que não correspondem à realidade, isto é, as receitas têm de estar equilibradas com as despesas, e as condições não estão reunidas para que isso possa acontecer”.

Recorde-se que na passada terça-feira António Fidalgo reuniu com a comissão parlamentar da educação e ciência de onde também saiu esperançado num reforço de verbas para a UBI no próximo ano “sim, muito esperançado que o parlamento em sede de discussão do OE contemple a situação da UBI”. Se assim não for, “haverá coisas que deixam de ser feitas, nomeadamente concursos de professores e pessoal que não são abertos e que precisamos”. As necessidades são sentidas em diferentes áreas mas a situação mais gravosa, segundo António Fidalgo, vive-se na Faculdade de Artes e Letras.

O reitor da UBI queixa-se da falta de financiamento mas não de alunos e sublinha que este ano a taxa de colocação de novos estudantes na Universidade da Beira Interior chegou aos 95% “fugimos à média do interior e chegámos à média do litoral mas o que me enche de alegria é ter cá todos estes jovens, que são o melhor do mundo.”

António Fidalgo satisfeito com a taxa de colocação de estudantes na UBI. Na primeira fase de concurso de acesso ao ensino superior, a Universidade da Beira Interior colocou 1186 novos alunos, 1026 escolheram a UBI como primeira opção.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados