RCB/TuneIn
Terça, 12 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
SPORTING DA COVILH? PASSA EM S?T?O
O Sporting da Covilh? ultrapassou, neste s?bado, um advers?rio muito dif?cil, em mais uma jornada do campeonato nacional da 2?. divis?o.
Por José Joaquim Ribeiro em 29 de Dec de 2007

Os leões da Serra deslocaram-se a Sátão onde defrontaram uma equipa que em casa costuma criar problemas a quem os visita. O Sporting precisou de se aplicar para poder trazer os três pontos desta povoação do concelho de Viseu.

O Sporting entrou muito forte na partida. Logo aos 8 minutos criou uma boa ocasião e chegou, inclusive, a introduzir a bola na baliza adversária, contudo, o lance haveria de ser anulado por deslocação do jogador serrano que introduziu a bola na baliza. Foi a primeira ameaça. Não foi necessário esperarem muito mais os adeptos do clube que comanda este campeonato. 10 minutos volvidos o marcador funcionou mesmo. Canto apontado por Gomes e Paulo Campos a desviar do alcance do guardião contrário.  Um golo que seria determinante para o desfeho da partida.

O Sátão reagiu e teve uma perdida que Ciro não conseguiu concretizar, depois de Edgar ter perdido a posse de bola em zona proibida. Este lance foi dos poucos que a equipa da casa dispôs para marcar, tal a forma estruturada como jogava o Sporting em termos defensivos. Até ao final da primeira parte os serranos só não ampliaram o marcador por manifesta falta de sorte, a mais flagrante dessas ocasiões aconteceu aos 34' quando Gomes enviou a bola à barra.

Na segunda parte o jogo foi diferente. Como se impunha a equipa da casa cresceu e tudo tentou fazer para retirar a vantagem que os serranos tinham na partida, todavia, apesar de uma maior pressão da equipa do Sátão foi ao Sporting que pertenceu a melhor situação para poder marcar. Aos 59 minutos Paulo Gomes roubou a bola a um adversário, isolou-se, tirou o guardião contrário do caminho da bola, mas depois descaiu demasiado para a lateral tendo ficado sem ângulo para poder alvejar a baliza adversária.

Os minutos finais foram de pressão intensa da formação de Sátão que remeteram o comandante para o seus último reduto, foi necessário muita concentração e muito empenho para que os três pontos tivessem vindo na bagagem dos serranos.

A vitória é merecida e justifica-se, plenamente, por tudo o que aconteceu dentro das quatro linhas. O Sporting mantém os seis pontos de vantagem sobre o segundo classificado e é a equipa mais concretizadora do campeonato, com 37 golos marcados e a equipa que melhor defende. Ainda só sofreu 9 golos nas dezasseis jornadas já realizadas.

No próximo fim de semana o Sporting da Covilhã joga no Complexo Desportivo da Covilhã com o Caldas.

A outra equipa do distrito que disputa este campeonato perdeu em Touriz com o Tourizense, por 2-1. Os encarnados de Castelo Branco equilibraram a partida mas deixaram que a equipa da casa se superioriza-se nos últimos minutos da partida.

No próximo fim de semana o Benfica também joga em casa, com o Anadia.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados