RCB/TuneIn
Segunda, 11 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ENFERMEIROS EM VIG√ćLIA
Rádio Cova da Beira
Mais de uma centena de enfermeiros esteve concentrada junto à porta principal do centro hospitalar da Cova da Beira. Tratou-se de uma vigília de solidariedade que decorreu a nível nacional pelo reconhecimento da profissão e pela valorização dos enfermeiros especialistas.
Por Nuno Miguel em 15 de Sep de 2017
De acordo com Paulo Tourais, um dos organizadores da iniciativa, “há mais de 15 anos que nos sentimos maltratados naquilo que são os nossos direitos pelos sucessivos governos. E os enfermeiros entenderam, a partir de um movimento que nasceu dos especialistas em saúde materna e infantil, que chegou a altura de dizer basta e exigir que o governo nos confira os nossos direitos. Desde a primeira hora que nós cumprimos com os nossos deveres e a outra parte tem-nos vindo a sonegar direitos a nós e às nossas famílias”.
Ângela Silveira é enfermeira especialista no centro hospitalar da Cova da Beira há mais de 20 anos e considera que chegou a hora de estes profissionais serem respeitados pelo ministério da tutela “os enfermeiros têm o direito de ser respeitados e de terem uma carreira bem visível, demarcada e estarem ao nível de outras carreiras profissionais a nível da saúde como os psicólogos, os nutricionistas, técnicos de raio x ou de análises, valorizando sempre o nosso trabalho diferenciado”.   
A exercer funções no centro hospitalar da Cova da Beira desde 1999, Ana Patrícia Augusto explicou os motivos que a levaram a marcar presença nesta iniciativa “queremos uma carreira justa a uma profissão digna; queremos ser equiparados a todos os restantes técnicos que já trabalham no serviço nacional de saúde. No meu caso eu tenho uma especialidade e não sou reconhecida como tal. Por isso os enfermeiros chegaram ao ponto de dizer basta e é por isso que estamos aqui todos”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados