RCB/TuneIn
Segunda, 20 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
TORTOSENDO: ANO LECTIVO ARRANCA COM PROTESTOS
Rádio Cova da Beira
Pais e encarregados de educação dos cerca de 100 alunos da escola do primeiro ciclo dos Montes Hermínios, no Tortosendo, estiveram esta manhã concentrados à porta daquele estabelecimento de ensino. Com palavras de ordem procuraram alertar para a necessidade de realizar algumas obras de requalificação urgentes e que deviam ter sido efectuadas antes do início deste ano lectivo.
Por Nuno Miguel em 13 de Sep de 2017
De acordo com Rui Campos, porta voz dos pais e encarregados de educação há muito que as necessidades são conhecidas pela câmara da Covilhã mas a intervenção efectuada durante o período de férias ficou muito aquém do esperado “eles viram o estado de degradação em que a escola se encontra e prometeram-nos que esta escola ia ser alvo de uma intervenção urgente. O que é certo é que apenas a uma semana do início do ano lectivo se dignaram a começar as obras mas apenas executaram uma parte muito pequena da totalidade da obra. Nós sabemos o que está para ser feito e aquilo que fizeram não representam um décimo de tudo o que esta programado”.  
Passavam poucos minutos das 10:00 quando se iniciou, com toda a normalidade, a reunião de início de ano lectivo mas Rui Campos garante que a luta só vai parar quando todas as intervenções estiverem concluídas “vamos continuar a nossa luta até que todas as obras estejam feitas nesta escola. Temos a plena noção de tudo o que está para ser feito e até tudo estar concluído nós não vamos parar com o nosso protesto. Não impedimos ninguém de entrar, foi um protesto pacífico mas onde quisemos chamar a atenção da opinião pública para o estado em que está esta escola”. 
Também presente nesta acção, o presidente da junta de freguesia do Tortosendo manifestou a sua solidariedade para com os pais e encarregados de educação ““a junta de freguesia está totalmente solidária porque aquilo que os pais e os encarregados de educação querem é que a escola seja dotada de melhores condições e a junta de freguesia estará sempre ao lado de todos aqueles que queiram melhores condições para esta e para todas as escolas do Tortosendo.  
David Silva sublinha que o contrato de empreitada, que foi assinado em Julho deste ano, prevê um conjunto de intervenções que não foram ainda efectuadas mas espera que tal possa suceder com a maior brevidade possível “nós manifestámos a nossa preocupação em relação ao atraso no início das obras porque o ano lectivo se estava a aproximar e hoje verificamos que há algumas carências que foram ultrapassadas mas esta escola precisa ainda de intervenções que estão no caderno de encargos e que nós esperamos que sejam concretizadas o quanto antes como a mudança do telhado, a pintura de todo o interior e também a substituição do parque infantil que está bastante degradado”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados