RCB/TuneIn
Segunda, 20 Nov 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“SE CALHAR ATÉ QUEREM FECHAR A UBI”
Rádio Cova da Beira
O presidente da comissão política distrital do PSD acusa o governo de estar a estrangular financeiramente a universidade da Beira Interior. Em causa está a proposta de transferência de verbas do próximo orçamento de estado para as instituições de ensino superior.
Por Nuno Miguel em 13 de Sep de 2017
À margem da apresentação da candidatura da coligação “Vontade de Mudar”, no Tortosendo, Manuel Frexes deixou duras críticas a essa opção “a universidade fez o que estava certo, conseguir captar mais alunos e hoje até pode ser olhada como um farol da lusofonia. Vejam bem o que lhe aconteceu; não tem verbas. Isso não é justo nem é correcto. Não é bom para a Covilhã, para a região e para o país. Nós não podemos aceitar isto. Eu sei bem que eles enchem a boca com o interior e com a defesa do interior mas é no dia a dia e nas provas dadas que isso se avalia. Se calhar até querem fechar a UBI. Se calhar até querem que a UBI tenha menos dinheiro para que tenha mais dificuldades e para que  mais uma coisa feche no interior”.
Manuel Frexes considerou ainda que o distrito de Castelo Branco não pode ser tratado de forma diferente de outros distritos do país em relação à distribuição de fundos para apoio à reconstrução na sequência dos incêndios florestais que ocorreram este verão “nós não iremos aceitar o principio que o governo quer seguir, e tudo vamos fazer para o contrariar, que é tratar uns como filhos e outros como enteados. Onde apareceram os primeiros fogos há dinheiro para a reconstrução e aqueles que arderam depois não há dinheiro para a reconstrução. Não. Somos todos iguais. Merecemos todos o mesmo tratamento. Todos os concelhos merecem ser reconstruídos do mesmo modo”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados