RCB/TuneIn
Segunda, 11 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SENTENÇA ADIADA
Rádio Cova da Beira
O tribunal de Castelo Branco adiou para o próximo mês de Outubro a leitura do acórdão do casal acusado de vender roupa e calçado falsificado entre 2007 e 2012. Entre esses anos o casal, com 43 e 36 anos de idade, terá alegadamente recebido de forma indevida cerca de 40 mil euros de rendimento social de inserção.
Por Nuno Miguel em 12 de Sep de 2017
A leitura do acórdão estava inicialmente agendada para terça-feira, mas ontem o tribunal decidiu que tal só vai acontecer em Outubro. O ministério público pede uma indemnização a rondar um milhão e 700 mil euros, dinheiro que foi encontrado nas contas bancárias do casal.
Recorde-se que o casal na primeira sessão deste julgamento admitiu a maioria dos factos constantes na acusação. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados