RCB/TuneIn
Sexta, 20 Out 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CMC LAMENTA E REPUDIA POSTURA DE PAIS DA EB1 MONTES HERM√ćNIOS
Rádio Cova da Beira
A c√Ęmara municipal da Covilh√£ acusa ‚Äúum grupo de quatro pais politicamente orientados‚ÄĚ da Escola EB1 Montes Herm√≠nios, em Tortosendo, de estarem a utilizar a sua condi√ß√£o de encarregados de educa√ß√£o para ‚Äúde forma encapotada, organizar uma a√ß√£o com fins meramente pol√≠ticos, em √©poca de pr√©-campanha eleitoral‚ÄĚ.
Por Paulo Pinheiro em 10 de Sep de 2017

É a resposta da CMC ao anúncio de pais daquele estabelecimento de ensino da realização na quarta-feira, 13 de Setembro, de um protesto à porta daquele estabelecimento de ensino com o intuito de não vão deixar abrir as portas da escola e denunciarem o estado de degradação das instalações (ver notícia da RCB em http://www.rcb-radiocovadabeira.pt/pag/40564 com o título “ALUNOS DEIXADOS AO ABANDONO”.

 

Em comunicado, a câmara municipal da Covilhã acusa o grupo de pais “de tentarem instrumentalizar outros encarregados de educação e a própria Associação de Pais através de informações falsas”.

A autarquia assegura que, ao contrário do que afirmam os pais, a escola EB1 Montes Hermínios integra o Plano de Requalificação do Parque Escolar, através do qual o município está a intervencionar escolas e jardins-de-infância em todo o concelho “a EB 1 Montes Hermínios será intervencionada e a obra até já foi adjudicada”, garante a CMC.

O município esclarece que “o actual executivo nunca negligenciou a escola e os seus alunos, pelo contrário”. De acordo com o comunicado, no início de 2014, o vereador com o pelouro da Educação visitou o estabelecimento de ensino para se inteirar das principais preocupações. Decorreram, depois dessa data, várias conversações entre o Município e o Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto, ao qual pertence a EB1 Montes Hermínios, com vista à sua requalificação.

 

A câmara municipal da Covilhã afirma estar “a realizar a maior intervenção de sempre no parque escolar municipal do concelho” por via deste Plano de Requalificação, com verbas já asseguradas através do Pacto de Coesão Territorial da Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE), num valor total de quatro milhões de euros

“No Agrupamento de Escolas Frei Heitor Pinto está a ser realizado um investimento de 436 mil euros”, destaca a autarquia.

Após recordar que em Dezembro de 2016 o presidente da câmara municipal assinou um despacho que autorizou a abertura de concurso público para a requalificação e apetrechamento de quatro agrupamentos e 15 Escolas EB1 no concelho da Covilhã, das quais cinco escolas do Agrupamento Frei Heitor Pinto: EB1/JI do Paúl, EB1JI Dominguiso, EB1/JI Unhais da Serra, EB1 do Largo da Feira e EB1 Montes Hermínios, a CMC explica que para não afectar o normal funcionamento das escolas em período de aulas “optou-se por aproveitar as férias de Verão para realizar as intervenções”.

No caso da EB1 Montes Hermínios, de acordo com a autarquia covilhanense, a empresa construtora alertou que, dada a intervenção de fundo prevista, não seria possível concluí-la antes do início do ano letivo de 2017/2018, como pretendia

“O Município e o Agrupamento de Escolas optaram, assim, por adiar as obras, que decorrerão nas próximas pausas letivas, na do Natal e na de Verão. O mesmo aconteceu com EB1/JI de Unhais da Serra”, frisa

Apesar do adiamento, a câmara municipal da Covilhã afirma ter decidido, em consonância com o agrupamento de escolas Frei Heitor Pinto, intervencionar o piso do recreio e os sanitários da EB1 Montes Hermínios, o que aconteceu no início deste mês de Setembro

 

“Não corresponde à verdade que existe uma instalação sanitária para 100 crianças. Existe, isso sim, só uma sanita nos sanitários masculinos, desde sempre. No ano escolar de 2017/2018 estão matriculados 92 alunos, dos quais 50 do sexo masculino e 42 do feminino” informa a autarquia que acrescenta “também não corresponde à verdade que há instalações sanitárias avariadas, sendo que o comunicado enviado foi inclusive acompanhado por fotografias desatualizadas, entre as quais a que se refere a este assunto e que há cabos elétricos ao alcance das crianças. Os cabos à vista pertencem à rede informática da escola, pelo que são tão inofensivos quanto um cabo de ligação de um computador”, refere.

 

De acordo com o comunicado da CMC, o projeto de requalificação da EB1 Montes Hermínios prevê a requalificação das instalações sanitárias, obras de reabilitação das carpintarias, pintura de paredes e de tetos, tratamento de pavimentos em madeira, instalação de dispositivos de ensombramento (estores de rolo), aplicação de isolamento térmico sobre o pavimento do sótão, reabilitação da cobertura, substituição de material elétrico, entre outros.

Estão ainda previstos os arranjos exteriores, com construção de dreno e sistema de escoamento de águas pluviais, assim como requalificação do parque infantil. E contempla também a substituição de mobiliário e de equipamento informático, bem como aquisição de material didático.

 

O município da Covilhã “lamenta e repudia esta clara e inequívoca tentativa de aproveitamento político do assunto. Os seus protagonistas não pretendem, em verdade, defender os interesses da comunidade escolar, mas sim fazer politica e promover as candidaturas que integram”, conclui.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados