RCB/TuneIn
Segunda, 11 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CHOCALHOS: “A VIDA CONTINUA”
Rádio Cova da Beira
A edição deste ano dos Chocalhos, que acontecem de 15 a 17 de Setembro, é a prova de que a “vida continua” após o grande incêndio da Gardunha. O festival “é um tributo às comunidades da Gardunha e à sua capacidade de resistência” frisou Paulo Fernandes no dia da apresentação da edição deste ano do Festival dos Caminhos da Transumância.
Por Paula Brito em 07 de Sep de 2017

Este ano, segundo o autarca fundanense, pretende-se reforçar ainda mais a temática dos Chocalhos “temos reforçado muito a temática, cada vez relacioná-la mais com a fileira do queijo, com as nossas raças autóctones, e internacionalizar cada vez mais”.

Paulo Fernandes pretende que a tónica do evento se mantenha na qualidade e não na quantidade de pessoas que visitam Alpedrinha durante os três dias da festa que marcou um ponto de viragem na realização deste tipo de eventos de promoção dos produtos endógenos “mais importante do que quantas pessoas vêm aos chocalhos é saber se a fruição das pessoas que vêm aos chocalhos é cada vez maior, e se as pessoas conseguem tirar mias partido das tasquinhas, gastronomia, percursos, artesanato, animação, cultura e também da compra dos produtos de excelência e por isso temos o mercado do queijo, dos produtos biológicos que vão diversificar a oferta dos Chocalhos e simultaneamente criar mais valor do evento”.

A internacionalização continua a ser uma das apostas, este ano a região convidada é a Estremadura espanhola que trará ao certame a sua gastronomia ligada à temática, de que é exemplo o queijo torta del casar e também as suas tradições culturais que terão como ponto alto o concerto de sábado à noite no chafariz D. João V com “ACERTE”.

No total são mais 70 os espaços que este ano serão explorados no certame, 60% dos quais por alpetrenienses, frisou o presidente da junta, Carlos Ventura que apresentou a principal novidade do certame, a dinamização de um novo espaço “tirando os espaços que todos já conhecem há um que é de salientar este ano que é o largo do Espírito Santo, onde vamos ter um restaurante, a parte dos produtores de queijo e a utilização deste espaço para fazer um concerto na sexta-feira e outro no sábado”.

A prova de pastoreio no campo de futebol, o bardo no terreiro de Santo António e o terceiro concurso da ovelha churra do campo são outros dos destaques deixados por João Silvino do canil Alpetratínia “a churra do campo é uma raça que obedece aos critérios de extinção de raça iminente, este ano vai realizar-se o terceiro concurso, estes concursos são determinantes para orientações na criação e definição do trabalho que se faz durante todo o ano”.

Este ano a travessia da Gardunha volta a realizar-se pese embora os riscos assumidos pelos pastores pelo facto da serra estar em cinzas, haverá os habituais autocarros de ligação entre Fundão e Alpedrinha todos os dias e para quem circular de automóvel os parques de estacionamento nas entradas sul e norte da vila com transfer para a vila.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados