RCB/TuneIn
Sexta, 20 Out 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CUBOS “MÁGICOS” NO COMBATE AOS FOGOS
Rádio Cova da Beira
Empresa sediada em Castelo Branco está a desenvolver um projecto que pode mudar o paradigma do combate aos incêndios em Portugal. A ideia nasceu há um ano atrás e está a ser desenvolvida em parceria com uma outra empresa alemã. O projecto consiste na criação de cubos de água que serão também atirados de aviões e helicópteros mas com um método oito vezes mais eficaz.
Por Paula Brito em 01 de Sep de 2017
 

 “O cubo mal é lançado na zona onde deflagra o incêndio tem uma carga explosiva que irá permitir retirar todo o oxigénio, que é o que alimenta o incêndio, e estilhaçar um metro cúbico de as micro partículas de água que irradiam o incêndio”.

Para além de mais eficaz este método é também menos dispendioso. Segundo Filipe Lourenço da Procifisc, empresa responsável pelo projecto em Portugal, este novo produto pode reduzir até 70% dos custos com o combate aos fogos florestais, para além da poupança “significativa” na quantidade de água utilizada no combate aos fogos.

A parceria entre a empresa portuguesa e alemã espera ter o produto no mercado em 2018, mas a decisão está dependente de várias entidades “os próximos tempos serão importantes, estamos a tomar diligências na COTEC, em Bruxelas, onde esperamos ser bem recebidos, na nossa estrutura governativa, estamos a aguardar serenamente”.

A ideia é montar em Portugal uma fábrica para a produção e comercialização dos cubos, que ficará sediada no interior, pese embora Castelo Branco esteja fora de questão “em Castelo Branco não será com certeza, porque costumamos implementar os projectos onde somos bem tratados, posso dizer-lhe que será no interior que é a minha região, foi onde nasci e cresci, em Castelo Branco, nunca podemos dizer desta água não beberei mas não vejo que possa ser aqui que o projecto vá nascer”.

Sediada em Castelo Branco a PROCIFISC é uma empresa de consultadoria, engenharia e arquitectura onde trabalham 10 pessoas, que desenvolve projectos em várias áreas e locais do país.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados