RCB/TuneIn
Segunda, 18 Out 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
CARIA TEM NOVA OFERTA CULTURAL
Rádio Cova da Beira
Estão abertas as portas do novo espaço museológico do concelho de Belmonte. O museu do território está a funcionar no edifício da Casa da Torre, em Caria, e pretende afirmar-se como uma nova oferta turística daquele concelho a par da casa etnográfica e da casa da roda que já estão a funcionar naquela vila.
Por Nuno Miguel em 31 de Aug de 2017
Pedro Torrão presidente da junta de freguesia de Caria, acredita que este novo espaço “vai permitir o alargamento da oferta turística, o que nos permitirá ganhar dimensão e ter, de uma vez por todas, os espaços museológicos abertos em permanência, com o mesmo horário dos restantes museus do concelho. Temos agora, em conjunto com a câmara e com a empresa municipal, de promover de forma conveniente e efectiva este museu etnográfico, a casa da roda e a casa etnográfica que são espaços magníficos e que podem influenciar muito a economia local”.   
O museu do território reúne actualmente cerca de uma centena de peças divididas por três salas que representam os períodos romano, medieval e moderno. António Dias Rocha, presidente da câmara de Belmonte, sublinha que “não podíamos continuar a permitir que um espaço, com a importância da casa da torre, estivesse encerrado. Por isso resolvemos concretizar este investimento que se trata de um espaço inicial uma vez que aquilo que está conversado com os responsáveis pela musealização é que este vai ser um espaço em evolução permanente. Vamos aqui albergar todos os nossos achados arqueológicos e vamos continuar a tentar que possa regressar a Belmonte muito do espólio que saiu do nosso concelho para outros pontos do país porque não tínhamos um espaço para o expor”.  
O trabalho de musealização ficou a cargo da empresa “New Museum”, que está sediada em Sintra. Rodrigo Moita realça o valor histórico da casa da torre e acredita que este projecto reúne condições para se afirmar como uma oferta cultural diferenciadora e de qualidade “a abertura deste equipamento ao público marca uma linha clara em que se pretende preservar o património e as tradições e isso é muito mais que uma política cultural. Queremos criar bases sociais e económicas para o futuro. Queremos transformar a nossa história e a nossa identidade em conteúdos de qualidade e que sejam capazes de chamar o público durante todos os dias do ano”.
Uma cerimónia de inauguração que ficou ainda marcada pelo anúncio do presidente da câmara de Belmonte de que o município pretende constituir, no próximo ano, uma equipa arqueológica com o intuito de estudar de forma aprofundada todos os achados que foram encontrados no território daquele concelho.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados