RCB/TuneIn
Terça, 26 Set 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CMP EQUACIONA VIA JUDICIAL
Rádio Cova da Beira
A Câmara Municipal de Penamacor (CMP) tem preparado um dossier sobre a participação do Município no hotel da vila, para avançar para a via judicial se o assunto não ficar resolvido em breve. A confirmação deixada por António Beites na última reunião pública do executivo em resposta a duas questões sobre o tema colocadas por Pedro Folgado da bancada da oposição.
Por Paula Brito em 20 de Aug de 2017

“A primeira é saber se houve mais algum desenvolvimento na demanda em busca das participações desaparecidas, e a segunda questão tem a ver com a reflexão no capital social das sociedades dos investimentos que o município lá fez em tempos, e a pergunta é em que ponto de situação estão estas duas matérias, para quando é que se prevê uma resolução?”.

O presidente da câmara de Penamacor diz que tem feito pressão junto das duas sociedades em causa mas até à data sem resultados práticos “temos trocado vária correspondência, temos feito uma enorme pressão para que os investimentos do município sejam reflectidos nas respectivas demonstrações financeiras, que ainda não se encontram reflectidos, nós já fizemos sentir o nosso enorme desconforto relativamente a esta matéria. No ano passado ambas as sociedades apresentaram resultados líquidos positivos, ao contrário do ano anterior em que a quota parte do endividamento da empresa reflecte-se depois na capacidade de endividamento do município, é uma enorme preocupação que temos.”

O autarca preferia resolver o problema pela via do diálogo mas face à ausência de resultados práticos, tem um dossier com toda a documentação e levantamento da participação do município nas duas sociedades para avançar para a via judicial “tem havido resistência das duas sociedades em relação às nossas pretensões, esperamos chegar a um entendimento sem termos que recorrer à via jurídica mas se tivermos que o fazer temos um dossier preparado sobre o tema e nos próximos temos ou há um entendimento ou temos que avançar para outras vias.”

Em causa está o facto de até hoje a participação financeira do município não estar reflectida no capital social das duas sociedades promotoras do hotel e termas de Penamacor.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados