RCB/TuneIn
Terça, 17 Out 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
A LENDA RENASCE
Rádio Cova da Beira
Abre portas esta sexta-feira a décima quarta edição da feira medieval de Belmonte. Com um orçamento de 70 mil euros, o certame este ano segue o rumo traçado em edições anteriores. A figura em destaque em 2017 será Maria Gil Cabral, filha ilegítima do bispo da Guarda, e antecessora do navegador Pedro Álvares Cabral.
Por Nuno Miguel em 11 de Aug de 2017
De acordo com o presidente da empresa municipal de Belmonte, que tem a cargo a organização do evento “este ano vamos falar sobre a D. Maria Gil Cabral que acaba por estar no início da linhagem dos Cabrais; este ano vamos reforçar a componente da animação com a presença de 18 grupos, mais dois do que no ano passado, sendo que os melhores grupos nacionais que participam neste tipo de certames em Portugal vão estar em Belmonte ao longo destes quatro dias”.  
Animação de rua, uma oficina de falcoaria, outra de cozinha medieval e a realização, pela primeira vez, de uma ceia medieval são alguns dos pontos em destaque nesta edição da feira. Ao nível dos espectáculos diários, Joaquim Costa sublinha que há vários motivos de interesse para os quatro dias do certame “logo no primeiro dia vamos ter um espectáculo baseado no testamento de Gil Cabral, bispo da Guarda e o testamento que deixou à sua filha ilegítima. Depois vamos ter um espectáculo equestre teatralizado, o assalto ao castelo e no último dia vamos ter um espectáculo multimédia sobre a herança de Maria Gil Cabral a que se vai seguir um concerto de música medieval”.
A feira medieval vai ter cerca de uma centena de expositores e a organização espera superar os 40 mil visitantes registados na edição do ano passado. António Dias Rocha, presidente da câmara de Belmonte, sublinha que ““esta feira já é um marco na nossa região e esperamos que assim se mantenha. Acreditamos que ela vai ser visitada por muita gente. O programa que foi elaborado pretendeu criar diferentes atractivos e esperamos que quem nos visita e os comerciantes que aqui vão estar sintam que valeu a pena vir a Belmonte. Esperamos que a feira continue em crescendo como tem estado nos últimos anos e fundamentalmente que as pessoas aqui se sintam bem”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados