RCB/TuneIn
Quarta, 23 Ago 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS DEBATIDA EM PENAMACOR
Rádio Cova da Beira
A comunidade estrangeira residente naquele concelho encheu o salão nobre da autarquia para ficar a saber mais sobre a prevenção de incêndios florestais. Tratou-se de uma sessão de esclarecimento realizada em parceria pela câmara municipal, autoridade nacional de protecção civil, GNR e instituto de conservação da natureza e florestas com o intuito de sensibilizar a população para evitar comportamentos de risco e saber quais as formas de actuação em caso de incêndio.
Por Nuno Miguel em 27 de Jul de 2017
De acordo com o comandante operacional distrital esta acção permitiu abrir portas para realizar no futuro outras iniciativas relacionadas com outras das temáticas ligadas à protecção civil “isto deixa a porta aberta para realizar outras acções no futuro e quando quisermos voltar a Penamacor sabemos que temos aqui esta comunidade e também temos a certeza de que as pessoas que hoje aqui estiveram vão transmitir a mensagem a outros cidadãos de comunidade inglesa que se instalaram nestes territórios. Vamos aqui criando um espaço de ligação para transmitir a mensagem da protecção civil”.
Francisco Peraboa acrescenta que cada uma das entidades têm uma missão bem definida e é muito importante que essa mensagem seja entendida pelas populações “o ICNF tem a seu cargo a prevenção estrutural, a GNR ao nível da prevenção operacional, vigilância e detecção mas também do cumprimento da legislação e o combate que está a cargo do comando distrital e a forma como estes cidadãos podem utilizar o número europeu de emergência ou socorrer-se destas entidades em caso de necessidade”.
Já o presidente da câmara de Penamacor não perdeu a oportunidade para exigir ao governo a adopção de medidas de discriminação positiva para que mais populações se fixem nos territórios do interior. António Beites considera que “o povoamento que esta comunidade hoje está a fazer no nosso concelho é a melhor forma de evitar os incêndios. Grande parte dos problemas a que hoje assistimos no país resultam do crescimento do despovoamento. Penso que é muito importante que sejam tomadas medidas de discriminação positiva para todos os territórios do interior de Portugal para que mais pessoas aqui se fixem e, dessa forma, também proteger a floresta”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados