RCB/TuneIn
Segunda, 21 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
JOÃO PAULO CATARINO DEFINE LINHAS DE ACÇÃO
Rádio Cova da Beira
O novo coordenador da unidade de missão para a valorização do interior refere que o reforço da ligação transfronteiriça entre Portugal e Espanha vai ser uma das grandes prioridades para o funcionamento daquele organismo.
Por Nuno Miguel em 24 de Jul de 2017
Em visita ao distrito de Castelo Branco, João Paulo Catarino sustenta que a abertura de portas ao mercado ibérico é determinante para conseguir potenciar o desenvolvimento do interior “por razões históricas sempre vivemos muito de costas voltadas para Espanha mas precisamos rapidamente de nos virar para aquele mercado, nomeadamente ao nível do turismo. Estamos agora a ser descobertos pelo mundo todo e eu julgo que há condições para proceder a uma mudança significativa e trazer aos territórios do interior os potenciais seis milhões de visitantes que o nosso primeiro ministro já referiu”.  
Para que esse objectivo seja concretizado, o coordenador da união de missão sustenta que “as nossas autarquias e o nosso governo devem ser o motor destes territórios e através desta unidade de missão o estado vai ter um olhar muito atento para as necessidades desta região que, muitas vezes, dizem respeito à abertura de portas e à criação de oportunidades. Temos qualidade de vida, potencialidades na área do turismo, na gastronomia, no património mas para as potenciar precisamos que nos abram as portas. No dia em que a Europa e o mundo descobrirem as nossas potencialidades a ajuda do governo deixará de ser necessária porque essa divulgação vai conseguir fazer-se por si”. 
Em visita a Penamacor, o novo coordenador da unidade de missão para a valorização do interior enaltece o papel que o concelho tem vindo a assumir ao nível da requalificação dos centros históricos. Um aspecto que pode ser determinante para o desenvolvimento económico aliado ao turismo “o país está hoje a viver um bom momento em termos de turismo, nomeadamente no Algarve e nas regiões de Lisboa e do Porto mas é muito importante que esse turismo também se comece a transferir para o interior. Esta região tem potencialidades únicas, como todos nós sabemos, e aqui em Penamacor está a ser feito um trabalho fantástico ao nível da recuperação patrimonial. Sempre que aqui venho vejo diferenças e sou sempre bem recebido e estou certo que os turistas que aqui cheguem também o serão”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados