RCB/TuneIn
Sábado, 22 Jul 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CIMD CRIA POSTOS DE TRABALHO
Rádio Cova da Beira
No dia em que inaugurou as novas instalações no edifício da antiga Eres, a CIMD (Companhia Industrial de Materiais Duros) anunciou a criação de novos postos de trabalho, entre 20 a 30, no próximo ano e meio.
Por Paula Brito em 16 de Jul de 2017

A empresa está a recuperar da crise que se abateu no sector da relojoaria e que levou ao despedimento de 42 trabalhadores em Outubro do ano passado, 12 dos quais, segundo Carlos Morgadinho, já foram de novo contratados

“Neste momento, estamos novamente a contratar pessoas que saíram na altura, já recuperamos doze, e só quando chegarmos são fim da lista dos ex-trabalhadores é que iremos abrir portas a outras pessoas”, assegura o responsável.

Actualmente com 72 trabalhadores a CIMD espera recrutar entre 20 a 30, até final do próximo ano, e se tudo correr conforme o plano de reestruturação chegar aos 200 dentro de 5 a 10 anos. Para isso vai contribuir a diversificação da actividade

“Fora da relojoaria para não se repetir o que aconteceu há um ano e meio e não estarmos dependentes apenas de uma área. A saúde, aeronáutica e a indústria pesa eléctrica serão outras apostas”, explica Carlos Morgadinho.

O director geral da CIMD espera no próximo ano recuperar o rumo traçado. As novas instalações foram inauguradas no dia em que se completaram 27 anos desde que a empresa se instalou no Fundão. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados