RCB/TuneIn
Ter莽a, 26 Set 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL脥TICA
RECANDIDATURA APRESENTADA
Rádio Cova da Beira
Ant贸nio Beites acredita que os pr贸ximos quatro anos v茫o marcar uma viragem estrat茅gica para o concelho de Penamacor. No jantar de apresenta莽茫o da sua recandidatura, o candidato do PS afirmou que, caso seja reeleito, o pr贸ximo mandato vai ter duas fases distintas.
Por Nuno Miguel em 16 de Jul de 2017

“Os próximos quatro anos vão marcar claramente uma viragem estratégica para o concelho. Queremos continuar, nos primeiros dois anos, a terminar as requalificações que hoje temos em curso e depois fazer uma viragem. Nos outros dois anos queremos reforçar o nosso potencial e a nossa capacidade atractiva para instalar empresas no nosso concelho, criar emprego e reforçar as condições para que as pessoas vivam em Penamacor”.

 

O actual autarca fez uma avaliação positiva do trabalho desenvolvido ao longo deste mandato mas sem esquecer a difícil situação financeira em que encontrou o município quando tomou posse “há muitas pessoas que ainda duvidam disto, mas a situação financeira era de tal forma delicada que nos obrigou a fazer um processo de saneamento junto do tribunal de contas. Herdámos uma dívida de 12 milhões de euros e fruto do trabalho desenvolvido neste mandato temos hoje uma dívida total consolidada de quatro milhões de euros e para além disso ainda conseguimos fazer obra em todas as freguesias do concelho”.

 

António Beites sustenta que apesar das dificuldades financeiras foi possível realizar obras em todas as freguesias nas vertentes do turismo, apoio social às populações, acessibilidades e requalificação urbana. Na vila vão arrancar em breve as obras de recuperação do teatro clube de Penamacor e também da zona histórica. Na criação de emprego, o autarca destaca o aumento da capacidade de exportação do concelho, bem como a ampliação da zona industrial e anuncia um novo alargamento daquele espaço “temos o projecto concluído e creio que em breve vamos receber a notícia do financiamento de um milhão de euros para o alargamento da zona industrial e ter assim mais 26 lotes disponíveis. E isso só foi possível porque em tempo útil agarrámos um processo que estava parado e que nos permitiu fazer a revisão do PDM ainda com as anteriores regras e isso hoje permite que muitas empresas do nosso concelho estarem já hoje a fazer investimentos sem qualquer constrangimento técnico e territorial”.

Para além da criação de emprego, António Beites elege como outra das prioridades a criação de condições para que mais pessoas se fixem no concelho. O candidato do PS destaca as obras para a requalificação de toda a rede de abastecimento de água e para a entrada em funcionamento, já no próximo ano lectivo, de uma escola internacional com currículo inglês. Mas também a área da saúde vai merecer uma atenção especial “temos em fase de adjudicação a requalificação integral do centro de saúde de Penamacor, onde irá nascer uma nova ala com várias valências, nomeadamente fisioterapia, cardiologia e dermatologia assim como operações gratuitas às cataratas a todos os utentes do nosso concelho”. 

 

O candidato do PS sustenta ainda que algumas das apostas já concretizadas, como a adesão à Naturtejo e a dinamização do “Penamacor-Vila Madeiro” são estratégicas para o futuro do concelho. Outra das prioridades vai estar assente na requalificação e ampliação do balneário termal de Águas “há quatro anos assumimos esse compromisso de honra e hoje quero-vos dizer que o projecto de requalificação e ampliação, para termos um balneário termal como muitos outros que há no país, está concluído. E já temos financiamento assegurado, através dos fundos comunitários, para lançar nos próximos tempos essa intervenção”.  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados