RCB/TuneIn
Segunda, 22 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
CONSIST?NCIA E QUALIDADE NUMA VIT?RIA JUST?SSIMA
O Sporting da Covilh?, venceu na tarde fria de 23 de Dezembro o Oliveira do Bairro por 3-1, numa vit?ria just?ssima feita de consist?ncia, qualidade e organiza??o. Apesar de ter come?ado o jogo, praticamente a perder com golo de Miguel Tom?z aos 4minutos, a equipa da casa nunca perdeu a confian?a e a seguran?a nas suas capacidades.
Por José Joaquim Ribeiro em 22 de Dec de 2007

Assente num clássico 4x3x3, com a defesa formada por Igor na baliza, Márcio e Pombo como laterais, Edgar e Sérgio Rebordão como centrais, o meio campo com Anky mais recuado e Dani e Paulo Vaz mais volantes e o ataque com Gomes aberto sobre a esquerda, Paulo Campos sobre a direita e André como ponta de lança, o Sporting da Covilhã foi sempre mais forte, jogando com tranquilidade, posse de bola e futebol apoiado.

Foi pois sem surpresa, que após 5 boas oportunidades o Covilhã chegou ao empate, aos 42 minutos, num lance de envolvência, Paulo Campos ganhou nas alturas, a bola sobrou para Paulo Vaz e este, com toda a calma e muita classe, no coração da área, colocou em jeito sobre o canto inferior direito do guarda-redes Mário Júlio, sem hipóteses de defesa.

Este golo, numa altura perfeita, em cima do intervalo, abriu condições para uma segunda parte de reviravolta. Assim foi, sem discussão. Logo aos 5 minutos,num lance trabalhado pelos jogadores que tinham entrado ao intervalo, Cordeiro subiu bem sobre a esquerda, cruzou com peso, conta e medida e Ismael, bem nas alturas ganhou ao central José Carlos e assistiu perfeito para Paulo Campos finalizar na pequena área e concretizar o 2-1.O resto do jogo foi totalmente diferente. O Sporting da Covilhã, entregou o domínio do jogo ao adversário, mas manteve plenamente o controlo do mesmo. A 2 minutos do fim, num lance de contra-ataque, Paulo Campos, cruzou da direita para a esquerda, Paulo Vaz simulou e Ismael ao segundo poste não perdoou, coroando a sua estreia da melhor forma.

Grande vitória do Covilhã, num jogo de qualidade, entre as duas melhores equipas da Série C.

Quanto ao árbitro António Batista, esteve excelente durante todo o jogo, mas no último minuto com algum preciosismo, expulsou Miguel Tomáz do Oliveira do Bairro e Dani do Sporting da Covilhã em dois lances divididos, que pareceram merecer, apenas, cartão amarelo.

Luís Bento

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados