RCB/TuneIn
Sábado, 22 Jul 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
AMP: PS FAZ BALANÇO DE MANDATO
Rádio Cova da Beira
A Assembleia Municipal de Penamacor (AMP) foi de balanço de mandato. Dois olhares diferentes sobre o trabalho de António Beites à frente do executivo, ambos da bancada do Partido Socialista. A coligação “Todos por Penamacor” entrou muda e saiu calada numa assembleia onde os aplausos e os assobios vieram todos da mesma bancada.
Por Paula Brito em 03 de Jul de 2017

Já ninguém estranha em Penamacor, perto das eleições o PS, por este outro motivo, divide-se, concorre contra ele próprio, e aquece a campanha eleitoral que este ano poderia se um passeio para António Beites se o presidente da câmara não tivesse desbaratado o legado que o PS lhe deixou em 2013, frisou José Aníbal Birra, presidente da união de freguesias de Aldeia do Bispo, Águas e Aldeia de João Pires que confirmou a sua candidatura independente à união das três localidades “se não concorresse debaixo da sigla do PS eu não concorria com outra sigla partidária, iria como independente e dado que estamos a entrar no período que antecede a entrega das listas, lamento que o senhor presidente da câmara tenha depauperado um capital que o poderia levar a ter um passeio neste processo eleitoral”. O presidente da câmara de Penamacor, que é também o presidente da concelhia agradeceu o esclarecimento “fico satisfeito com essa sua afirmação, pelo menos esclareceu de uma vez por todas algum menos esclarecido nestas questões políticas”

José Aníbal Birra acusa o presidente da câmara de Penamacor de uma falta de diálogo “gritante” e de ter beneficiado a vila em detrimento das freguesias, nomeadamente a sua “discordo frontalmente do modo como o dinheiro foi canalizado quase na sua totalidade para Penamacor em detrimento das freguesias, em concreto às que presido. Porque eu não critico o presidente da câmara por, em algumas coisas, beneficiar a sua terra, lamento muito é que o meu conterrâneo, vice presidente da câmara, nunca tenha tido uma atenção para as freguesias, nomeadamente a freguesia de onde é oriundo”. 

Ausente por motivo de férias, foi António Beites que saiu em defesa do vice presidente Manuel Joaquim Robalo, ex-presidente da junta de Aldeia do Bispo “fica-lhe muito mal numa reunião destas, em que pela primeira vez vem falar pela negativa do meu vice presidente, logo quando ele está de férias, naturalmente que a situação lhe será transmitida e espero que na assembleia municipal de Setembro tenha a dignidade de retomar essas palavras na presença do meu vice presidente, seu conterrâneo”.

Quando regressar de férias, o vice presidente da câmara vai convidar José Aníbal Birra a visitar todos os locais de Aldeia do Bispo onde, segundo António Beites, já foram investidos, neste mandato, meio milhão de euros.

Outro balanço fez Guida Leal da bancada do Partido Socialista que enumerou alguns dos principais feitos do mandato “a enorme redução da dívida, a confiança que reconquistou junto dos fornecedores do município, as obras de requalificação que fez e projectou, os inúmeros eventos sociais e culturais, o alargamento da zona industrial, ainda assim não se fez tudo, sei que muitos são os projectos em curso e que terá oportunidade de continuar, porque acredito que será o presidente da câmara para os próximos quatro anos”.

Francisco Abreu, também da bancada do PS, entende que o actual executivo conseguiu concretizar projectos que estiveram anos ao abandono, mas admite que é mais de criticar do que aplaudir, por isso lembrou António Beites de duas importantes questões que estão ainda por resolver: o salão paroquial e a participação da câmara de Penamacor nas empresas Malcatur e GDTP.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados