RCB/TuneIn
Segunda, 03 Ago 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÔŅĹTICA
CDU APRESENTA PROJECTO ALTERNATIVO
Rádio Cova da Beira
A CDU prop√Ķe um debate sobre a localiza√ß√£o do novo terminal rodovi√°rio e o regresso da pra√ßa ao antigo edif√≠cio. A realiza√ß√£o de um mercado agr√≠cola mensal e a revers√£o da privatiza√ß√£o da √°gua, saneamento e res√≠duos s√£o outras das propostas do projecto alternativo de governa√ß√£o que a candidata √† presid√™ncia da c√Ęmara do Fund√£o apresentou no passado fim de semana, no casino fundanense.
Por Paula Brito em 26 de Jun de 2017

Segundo Catarina Gavinhos, o projecto da CDU assenta em quatro eixos estratégicos, um dos quais o urbanismo e planeamento democrático e participativo.

“Porque esta cidade, durante muitos anos, cresceu torta e desalinhada. Propomos que se coloque a discussão pública a localização do novo terminal rodoviário e o regresso da praça à sua localização anterior, propomos que se repense e facilite a mobilidade na cidade, entre freguesias e entre municípios”.

A defesa dos serviços públicos é outro dos eixos estratégicos do projecto da CDU que se compromete a reverter a privatização de alguns serviços “porque é sempre tempo e os contratos podem ser corrigidos, a CDU compromete-se a tudo fazer para devolver ao município e aos fundanenses a gestão pública dos serviços da água, saneamento e resíduos”.

A realização de um grande mercado agrícola mensal, ou a reivindicação de mais valências para o hospital do Fundão são outras das propostas da CDU para um desenvolvimento económico e social justo do concelho, o terceiro eixo estratégico: “reivindicamos mais valências para o hospital do Fundão e uma melhoria generalizada dos serviços de saúde em todo o concelho, são necessárias políticas de descentralização que envolvam as populações e as juntas de freguesia, desejamos uma cidadania juvenil activa e defendemos o apoio aos movimentos associativos e desportivos, apoiamos o rápido alargamento do regadio ao lado sul da Gardunha, queremos trazer os produtores locais para espaços abertos e centrais e propomos a criação de um grande mercado agrícola mensal, queremos manter o orgulho da cereja do Fundão, apostar no turismo e na revitalização dos locais históricos do nosso concelho”.

Catarina Gavinhos quer ainda uma gestão rigorosa e transparente “quando a CDU fala de transparência, fala de informação e avaliação, é necessário que a informação seja completa e visível, discutir as soluções financeiramente mais adequadas e queremos que as acções e resultados sejam objecto de um processo contínuo de avaliação acessível a qualquer cidadão”.

Sob o lema “a terra que a gente sente”, a CDU apresentou os primeiros candidatos à câmara e assembleia municipal do Fundão, e os eixos estratégicos em que assenta o projecto alternativo de governação que pretendem dar a conhecer aos fundanenses nos próximos meses.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados