RCB/TuneIn
Terça, 22 Ago 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CÂMARA DA COVILHÃ ASSINA PROTOCOLO COM FUNDAÇÃO INATEL
Rádio Cova da Beira
Integrado nas comemorações do 82º aniversário da Fundação Inatel (70 dos quais com presença na cidade da Covilhã, primeiro como Delegação, agora como Agência), a Câmara Municipal da Covilhã assinou no passado fim-de-semana um protocolo de cedência por um período de 30 anos ao Município, do pavilhão gimnodesportivo do Inatel.
Por Miguel Malaca em 19 de Jun de 2017

Com um orçamento total de 200 mil euros (100 mil custeados pela autarquia), o edil Vitor Pereira reconhece que "com este acto queremos colmatar uma lacuna grave e incompreensível pela dinâmica desportiva existente da cidade e concelho, que não tivesse sido construído até agora um ou até dois pavilhões municipais. Como é possível? Com tanto dinheiro na altura disponível, sermos agora nós, através deste protocolo com a Fundação Inatel realizarmos esta obra. Mas ainda bem, pois os nossos clubes, associações e colectividades merecem pelo trabalho realizado ao longo dos anos." Disse o edil.

 

Com o desejo de iniciar as obras de requalificação até final do ano, o protocolo irá ser agora ratificado em sessão de câmara na próxima sexta-feira. O presidente do Município da Covilhã, acrescenta à RCB, "que vai ser feito naquela infra-estrutura desportiva, uma requalificação no telhado e saneamento, as questões ligadas ao ambiente vão ser fundamentais, pinturas exteriores e interiores, piso(mantendo o piso de madeira), e em princípio também os quatro balneários poderão ser mexidos. Agora tudo isto vai ser ratificado em sessão de câmara na próxima sexta-feira, para que consigamos iniciar as obras ainda este ano." Conclui Vitor Pereira.

 

Francisco Madelino por seu turno, considera que "este protocolo assinado com a autarquia covilhanense foi uma boa prenda para a instituição que presido e para a própria cidade".

 

O presidente da Fundação Inatel acrescenta "é um orgulho e um prazer estar aqui na Covilhã assinar este memorando/protocolo com a Câmara Municipal, pois também, tal como referiu o presidente Vitor Pereira, a edilidade não dispõe de um pavilhão próprio, daí que, a Fundação Inatel sinta também uma paz e tranquilidade, em tudo aquilo que foi feito até ao momento pelo organismo que gere as actividades de tempos livres dos trabalhadores em Portugal, há 82 anos. Depois de muitos anos apenas nós termos construído pavilhões no país, eis que agora também os municípios fazem o mesmo, e ainda bem. Este protocolo com a autarquia covilhanense vai durar 30 anos, mas para além de todas as colectividades poderem fazer actividades a curto/médio prazo naquele pavilhão, obviamente que também as as associações ligadas à Fundação Inatel(os CCD'S), terão sempre prioridade na utilização da infra-estrutura desportiva". Afirmou.

 

O programa do 82º aniversário da Fundação Inatel, este ano comemorado na Covilhã, teve ainda a realização de um almoço convívio com associações, colectividades e instituições da cidade e concelho filiadas no organismo.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados