RCB/TuneIn
Segunda, 11 Dez 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BVC REALIZAM SIMULACRO
Rádio Cova da Beira
O comandante dos bombeiros volunt√°rios da Covilh√£ faz uma avalia√ß√£o muito positiva da capacidade de resposta evidenciada pelos soldados da paz nos exerc√≠cios de simulacro que est√£o integrados nas comemora√ß√Ķes do anivers√°rio da corpora√ß√£o.
Por Nuno Miguel em 19 de Jun de 2017

No primeiro exercício foi recriado um acidente rodoviário na zona do Rossio do Rato em que houve necessidade de desencarcerar três tripulantes de uma viatura ligeira que embateu na rotunda, tendo uma quarta vítima caído para o interior do poço de água ali existente o que levou também a intervir o grupo de resgate.

 

De acordo com Fernando Lucas “a avaliação que nós fazemos é muito positiva; obviamente que há sempre coisas que vamos ter de discutir em «briefing» para conseguir limar algumas arestas. Os simulacros servem precisamente para detectar algumas falhas que podem ter acontecido. Procurámos criar um cenário com a maior realidade possível uma vez que muitas vezes se diz que há coisas impossíveis de acontecer, mas acontecem. Nada é impossível. Por isso temos vindo a realizar exercícios em situações da vida real e que podem mesmo acontecer”.  

 

Um outro exercício decorreu dentro do mesmo local; um incêndio no espaço de uma antiga fábrica que obrigou ao combate às chamas e à evacuação de algumas vítimas pelas janelas do edifício. Fernando Lucas não esconde que os bombeiros têm algumas preocupações em relação a este cenário uma vez que este conjunto de imóveis fabris desactivados confina com uma área em que existe floresta desordenada e onde os acessos são muito difíceis “em relação à questão das antigas fábricas há coisas que podem ser feitas para evitar a existência de problemas como este que aqui foi simulado; estamos nenhuma zona onde existe uma parceria de floresta desordenada e que não é limpa. Infelizmente nós sabemos que não é só aqui, é no país todo mas estamos aqui numa situação urbano-florestal e onde os proprietários devem ter maior cuidado e obrigatoriedade de efectuar a limpeza. Se existir um incêndio aqui nesta zona as ruas são muito estreitas e o único acesso que existe é muito por cima do edifício da reitoria no bairro de Santo António”. 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados