RCB/TuneIn
Sexta, 05 Jun 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COVILHÃ: MUTUALISTA INAUGURA EQUIPAMENTOS E ARRANCA COM "HORIZONTES DAS DEMÊNCIAS"
Rádio Cova da Beira
A Associação Mutualista Covilhanense inaugura no próximo dia 7 de Junho, no decorrer das comemorações do 87º aniversário, uma sala snoezelen e o gabinete de apoio ao familiar e pessoa com doença de Alzheimer. Os dois equipamentos integram o premiado projecto "No Horizonte das Demências". A instituição dá apoio directo a 150 pessoas
Por Paulo Pinheiro em 30 de May de 2017

"Estas inaugurações significam o arranque do projecto 'no Horizonte das Demências', através do qual pretendemos melhorar não só a qualidade de vida dos nossos utentes seniores, que sofrem com a doença, como também a de centenas de pessoas no concelho", afirma o presidente da instituição, Nelson Silva.

 

De acordo com o comunicado enviado aos órgãos de comunicação social, a sala snoezelen é um espaço equipado com capacidade técnica que associa a estimulação sensorial ao relaxamento, destinado a doentes diagnosticados com demência.

 

"A nova área estará equipada como uma cama de água, um painel interactivo de luz e som, um projector de céu estrelado e um chuveiro de fibra ótica, entre outros", refere a nota, lembrando que não existe mais nenhum equipamento similar no concelho.

 

O Gabinete de Apoio ao Familiar e Pessoa com Doença de Alzheimer funcionará a partir do centro clínico da Mutualista, "disponibilizando uma resposta técnica pluridisciplinar a cuidadores formais e informais de portadores da doença, com recurso a técnicos da área da Sociologia, Psicologia, Medicina, Enfermagem e Farmacêutica".

 

Os dois espaços ficam na sede da Mutualista e prestarão apoio não só aos utentes e sócios, como à restante comunidade, sendo que o Gabinete de Alzheimer terá abrangência concelhia e funcionará em articulação com a Unidade Móvel do concelho.

 

O aniversário da Mutualista ficará ainda marcado pela reabertura de um jardim que foi requalificado, contando agora com hortas geriátricas e percursos sensoriais.

 

"A reabilitação do espaço foi projectada a pensar no bem-estar físico, psíquico e social dos nossos utentes seniores do Centro de Dia e da Estrutura Residencial para Idosos, proporcionando contacto com a natureza, a possibilidade de cuidarem das hortas como método terapêutico e, simultaneamente, oportunidades de relaxamento e contemplação", detalha Nelson Silva.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados