RCB/TuneIn
Terça, 19 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“UMA PROVOCAÇÃO INACEITÁVEL”
Rádio Cova da Beira
É desta forma que o movimento da população Ourondo/Relvas classifica a realização de inaugurações em Casegas e o lançamento de uma obra no Ourondo no âmbito do programa das comemorações do 25 de Abril no concelho da Covilhã.
Por Nuno Miguel em 29 de Apr de 2017
Em comunicado o movimento afirma que ficou “em choque” com algumas fotografias publicadas das inaugurações em Casegas “pois um antigo presidente da junta de Ourondo, personagem sinistra e de má memória da nossa freguesia, cujo legado que deixou foi a venda «secreta» nas costas do povo, do sistema de abastecimento de água à população construído ao longo dos anos pela força braçal dos Ourondenses, foi chamado para co-inaugurar com o presidente da câmara juntamente com o outro senhor, uma das obras que foram inauguradas”.
Na mesma nota o movimento refere que manifestou o seu “desagrado ao presidente da câmara e sua comitiva” e acrescenta que “apesar do arruaceiro funcionário da junta de Casegas, que tentou agredir o ex-presidente da junta de freguesia do Ourondo Sr. José Rito Agostinho, tudo correu cordialmente com o Dr. Vítor Pereira, pois o outro presidente nem se ouviu”.
O movimento aponta este caso como “um caso de má política do executivo da junta, na linha dos últimos quatro anos apadrinhado ou não pela câmara da Covilhã mas que merece o mais veemente repudio”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados