RCB/TuneIn
Quinta, 18 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CMC ESCLARECE DECLARAÇÕES DE VÍTOR PEREIRA
Rádio Cova da Beira
Em causa estão as afirmações do presidente da câmara da Covilhã, no passado dia 25 de Abril no Tortosendo onde afirmou que a junta de freguesia da vila “foi a que mais dinheiro recebeu do município ao longo deste mandato”.
Por Nuno Miguel em 28 de Apr de 2017
Em comunicado a autarquia covilhanense sublinha que Vítor Pereira “procurou transmitir aquilo que têm sido não só as diversas obras e intervenções que têm vindo a ser efectuadas na vila do Tortosendo pela câmara municipal, em colaboração com a junta de freguesia, bem como os constrangimentos que têm até agora dificultado e inviabilizado, uma acção mais alargada e abrangente” deixando como exemplos a construção de passeios até à zona industrial ou o melhoramento das vias de comunicação na zona do Casal da Serra”. 
Na mesma nota, a câmara da Covilhã afirma que o presidente da junta de freguesia “tem razão quando diz que não devem ser imputados exclusivamente aos tortosendenses os custos da expropriação judicial do parque de São Miguel” mas acrescenta que “o dinheiro que tem sido canalizado para pagar indemnizações judiciais como as do parque de São Miguel no Tortosendo, a «Park C» na Covilhã, a devolução de fundos comunitários e para amortizar os 34 milhões de dívida paga até final de 2016, é o mesmo dinheiro que poderia e deveria ser alocado à realização de obras e intervenções diversas no nosso concelho e ao serviço das populações, às obras reivindicadas pelo senhor presidente da junta do Tortosendo bem como às reivindicações dos restantes autarcas de freguesia do concelho”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados