RCB/TuneIn
Terça, 23 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
“MUDANÇA NÃO SE FAZ DE UM DIA PARA O OUTRO”
Rádio Cova da Beira
O secretário de estado da juventude e desporto não quer assumir qualquer compromisso quando ao pedido de apoio da federação de desportos de inverno de Portugal referente à preparação dos atletas para os próximos jogos olímpicos de inverno.
Por Nuno Miguel em 09 de Apr de 2017

Em recente visita à região, João Paulo Rebelo admite que o assunto está a ser equacionado mas não avança com qualquer prazo para a implementação da ideia “isso implica uma reorganização de toda a orgânica no IPDJ e naturalmente que não é de um dia para o outro que essas coisas se alteram. Há sensibilidade para analisar o assunto e vontade para mudar, não só essa questão mas também um outro pedido que sei que tenho da federação para que tem que ver com a possibilidade de realizar os campeonatos nacionais fora de Portugal por razões que estejam relacionadas com as condições atmosféricas”.

Já em relação à lei do associativismo juvenil, João Paulo Rebelo refere que está constituído um grupo de trabalho que vai, até Junho, apresentar propostas para a alteração do diploma. Um dos assuntos que gera mais controvérsia diz respeito ao facto de existirem vários agentes que defendem que os órgãos sociais das associações juvenis só devem ser integrados por pessoas até aos 30 anos. O secretário de estado da juventude e desporto garante que não há ainda qualquer decisão tomada mas rejeita a ideia de que a concretização desse cenário possa levar ao encerramento de muitas associações “não acredito que isso possa acontecer; se esse cenário se concretizar naturalmente que essas instituições vão deixar de integrar o registo nacional das associações juvenis mas caso a lei chegue até ai eu não estou a ver que isso possa conduzir à morte das associações”.   

Quanto à acreditação do laboratório nacional anti dopagem por parte da agência mundial, que está suspensa há cerca de um ano, João Paulo Rebelo acredita que até final deste mês essa situação pode ser ultrapassada “nós estamos a fazer a nossa parte para que o laboratório seja novamente acreditado; contratámos pessoas, fizemos investimento na sua formação e em equipamentos e vamos continuar a trabalhar até ao próximo dia 15 de Abril nesse sentido. Depois disso vamos receber uma visita de técnicos da agência mundial anti dopagem para fazer essa avaliação”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados