RCB/TuneIn
Sexta, 23 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
ALMARAZ: "ACORDO NÃO É UMA CARTA EM BRANCO"
Rádio Cova da Beira
Opinião da presidente da Federação Distrital de Castelo Branco do Partido Socialista sobre o acordo alcançado entre os Governos Português e Espanhol sobre a situação da central nuclear de Almaraz.
Por Paulo Pinheiro em 27 de Feb de 2017

Hortense Martins, considera que o acordo “não é uma carta em branco” e mantém total empenhamento e firmeza no “acompanhamento atento e acutilante, em defesa das populações e do território”.

A deputada socialista refere ainda que o acordo é “uma conquista de Portugal e das populações do Distrito de Castelo Branco, tendo em conta que a gestão da política energética de Espanha depende estritamente das autoridades deste país”, justificando que “com a participação direta de Portugal e da Comissão Europeia, no processo das alterações na Central Nuclear de Almaraz, poder-se-ão apurar as verdadeiras intenções de Espanha e as condições de eventuais compromissos, conseguindo obter informação, tempo e o apoio da Comissão Europeia”.

O PS de Castelo Branco assegura aos seus concidadãos que, caso os resultados que vierem a ser apurados não garantam segurança para Portugal, "o Governo da República Portuguesa voltará a apresentar a queixa na Comissão Europeia", congratulando -se com a realização esta segunda-feira de uma visita das autoridades portuguesas às instalações da central nuclear de Almaraz, interrompendo o tempo do segredo e da recusa das autoridades espanholas em dar a conhecer a situação. "É um enorme avanço!", sublinha.

Na questão de Almaraz "é inequívoco que o PSD andou distraído nos últimos anos. Nada fez, nada quis saber",acusa o PS. Hortense Martins recorda a ausência de resposta do anterior Governo PSD/CDS-PP a uma pergunta que lhe formulou “Esclarecimentos sobre a situação da Central Nuclear de Almaraz”.

De acordo com a líder da Federação Distrital de Castelo Branco do PS,  o anterior executivo liderado por Pedro Passos Coelho não fez qualquer diligência junto do Governo espanhol, relativamente a Almaraz

 

"O resto, são factos alternativos, a pós-verdade do PSD, que manifesta a sua natureza bipolar, uma posição quando está no governo, e outra posição quando oposição! Mas, os Beirões estão atentos e não se deixam enganar", conclui o PS. 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados