RCB/TuneIn
Quinta, 17 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
G?NDARA, 1 UNHAIS DA SERRA, 1
E os tr?s pontos ali t?o perto .... Sete jogos fora de portas , que v?o dando cinco vit?rias e dois empates , ? um belo cart?o de visita para esta equipa comandada por T? Real . Mas este empate deixa um amargo de boca , porque , Vasco Guerra, a oito minutos dos noventa regulamentares , desperdi?ou uma grande penalidade .
Por Jo√£o Perquilhas em 10 de Dec de 2007

Não foi fácil este jogo , até porque , os da casa , que marcaram aos 28 minutos por intermédio de Diogo , aproveitando da melhor forma uma desatenção defensiva , mostravam que tinham a lição bem estudada .

O Unhais , que aceitara até então o domínio territorial dos donos do terreno , passou então a correr atrás do prejuízo e, com duas alterações de uma assentada , o cariz do jogo passou a ter um único rumo , o da baliza do Gândara , que só em contra ataque conseguia responder. Ainda antes do intervalo Ruben esteve perto de devolver o empate à partida , quando rematou forte para uma grande defesa de José Carlos , mas seria na segunda metade do desafio que o líder mostrou o porquê de comandar esta série . De facto , os unhenses vieram do descanso com o firme propósito de anular a desvantagem e, pouco a pouco , foram empurrando os anfitriões para perto da sua área onde os lances de perigo se tornaram então constantes .

Aos 63 minutos , Navarro , ao acertar nas orelhas da bola desperdiçou uma boa situação de golo para o Unhais , mas pouco depois seria Valezim , com uma defesa fantástica , a evitar o bis do irrequieto Diogo que lançado em contra ataque pela esquerda , só não conseguiu bater o experiente guardião . Era preciso atenção , porque o balanceamento ofensivo abria espaços na retaguarda , mas Tó Real , mais uma vez , demonstrou confiança no plantel que comanda , e , ao fazer a última alteração no seu xadrez , não mais perdeu as rédeas totais do jogo , pelo que , o empate aos 79 minutos aconteceu com naturalidade e repôs alguma justiça no marcador . Toni , correspondeu superiormente a um pontapé de canto anulando a desvantagem e , apenas três minutos depois , a reviravolta completa no marcador esteve à vista ! Toni , na esquerda do seu ataque cruzou para o interior da área onde um defensor local cortou a bola com o braço e o árbitro da partida , muito bem , assinalou a respectiva grande penalidade , que , no entanto , Vasco Guerra não conseguiu transformar em golo , rematando por cima.

Daí até final o surpreendente Unhais bem tentou efectivar em pelo menos mais um golo todo o seu ascendente , mas o discernimento baixara consideravelmente e o empate não seria desfeito .

De realçar a forte empatia entre jogadores, treinador e massa adepta que alastra para dentro das quatro linhas , o que terá , com toda a certeza , um peso significativo na regularidade da equipa de Unhais da Serra .

A arbitragem de Luís Caiado foi de bom nível , mas correu alguns riscos ao denotar alguma permissividade disciplinar . Valeu o comportamento de ambos os conjuntos que lhe facilitaram o trabalho ...


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados