RCB/TuneIn
Quarta, 23 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
G.R.REFUGIENSE: CONTAS DE 2016 APROVADAS
Rádio Cova da Beira
Assembleia Geral do Grupo Recreativo Refugiense aprovou sexta-feira, por unanimidade, o relatório e contas de 2016 apresentado pela direcção. Um exercício que regista um saldo negativo de 2.445 euros.
Por Paulo Pinheiro & Miguel Malaca em 19 de Feb de 2017

Na reunião magna de associados, a direcção da colectividade deu conta de duas situações que contribuíram para o valor apresentado na área financeira do ano passado: A primeira prende-se com o ex-cobrador do clube que não prestou contas ao elenco directivo do período entre Março e Dezembro de 2016, no valor de três mil e 39 euros. Como não foi possível resolver em clima de diálogo e entendimento o problema, a direcção anunciou a apresentação de uma acção judicial no Tribunal da Covilhã.

O outro problema envolve os dois últimos baristas da sede do clube. Ambos não liquidaram contas com a direcção, o primeiro no valor de 650 euros e o segundo no montante de 1.680 euros. No primeiro caso, o elenco directivo apresentou queixa no Ministério Público mas as custas do processo eram superiores ao montante em dívida pelo que o clube decidiu terminar o procedimento judicial. Os valores dos três casos rondam os cinco mil euros, o dobro do valor negativo apresentado nas contas do ano passado.

Na assembleia geral, onde estiveram presentes 25 associados, foi ainda proposta a expulsão da colectividade dos elementos que não cumpriram com as suas obrigações para com o clube, mas a matéria fica para ser analisada numa assembleia geral extraordinária que possa vir a ser marcada para o efeito.

A direcção liderada por José Augusto Silva vai realizar, ao longo de 2017, várias actividades culturais, recreativas e desportivas. Destaque para o regresso do Grande Prémio de Atletismo Carlos Salgueiro, em Outubro, e de 5 a 11 de Junho a prova mundial(Masters para maiores de 50 anos) de Pesca à Pluma, organizada pela Federação Portuguesa de Pesca Desportiva, UBI, CMC e Refugiense, em quatro locais, e que contará com a presença de cerca de 15 países.

A direcção do GRR espera ainda este ano legalizar a sede social e realizar algumas obras de requalificação no edifício.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados