RCB/TuneIn
Quarta, 23 Ago 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
PEV MUITO PREOCUPADO COM CENTRAL DE ALMARAZ
Rádio Cova da Beira
O Partido Ecologista ‚ÄúOs Verdes‚ÄĚ quer que Marcelo Rebelo de Sousa se envolva activamente na defesa dos interesses do pa√≠s relativamente √† constru√ß√£o de um armaz√©m de res√≠duos nucleares na central nuclear de Almaraz, situada a cerca de 100 quil√≥metros da fronteira.
Por Nuno Miguel em 31 de Jan de 2017

O pedido ao envolvimento do Presidente da República foi feito em Castelo Branco, onde “Os Verdes” iniciaram dois dias de jornadas parlamentares dedicadas a esta questão. Uma situação que que levou Portugal a apresentar uma queixa contra Espanha em Bruxelas mas que, de acordo com Heloísa Apolónia, só pecou por tardia “o governo português atrasou-se muito relativamente ao exercício dessa pressão activa sobre o governo espanhol designadamente para se fazer ouvir num processo de participação de avaliação do impacto ambiental do armazém para resíduos nucleares; por isso nós defendemos uma diplomacia muito mais activa que não envolva apenas o ministro do ambiente mas também o dos negócios estrangeiros e o primeiro ministro, deixando também um apelo para que o senhor Presidente da República também se envolva activamente nesta questão”.

A deputada do PEV acrescenta que a central de Almaraz tem vindo a evidenciar vários problemas e não é possível prolongar o seu período de vida para além de 2020 “é necessário continuar a fazer pressão para que a central de Almaraz seja encerrada porque já expirou há muito tempo o seu período normal de vida mas o governo espanhol entendeu prolongar o seu funcionamento até 2020 mas aquilo que nós dizemos é que para além disso nem pensar. É uma central nuclear que está obsoleta, que tem tido incidentes recorrentes e por isso é uma grave ameaça para a nossa população e para a sua segurança colectiva”.

Nestas jornadas parlamentares, os deputados do PEV reuniram com a administração da ULS de Castelo Branco, com a corporação de bombeiros de Vila Velha de Ródão e com o comando distrital de operações de socorro com o objectivo de aferir a capacidade de resposta em face de qualquer ocorrência que possa acontecer na central nuclear. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados