RCB/TuneIn
Quarta, 17 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
SPORTING VENCE DESPORTIVA POR 4-3 EM FUTSAL
Apesar de n?o ter entrado da melhor maneira nesta partida, realizada em Loures, no Pavilh?o Paz e Amizade, a Desportiva equilibrou a contenda na segunda parte, chegando a um resultado tangencial, podendo, com uma pontinha de sorte, ter chegado ? igualdade, nos ?ltimos 3 segundos da partida.
Por José Joaquim Ribeiro em 08 de Dec de 2007

Como seria de prever o Sporting foi quem assumiu a responsabilidade do jogo, teve mais posse de bola, teve maior domínio e, teve, também, maior número de oportunidades de golo. Os leões chegaram ao primeiro golo logo à passagem do minuto seis, com um remate de Café, que soube aproveitar um livre, sobre a linha de área de baliza, por demora de reposição de bola em jogo, por parte de Carlinhos.

A Desportiva teve a primeira ocasião para marcar à passagem do minuto 10, por intermédio de Adriano e voltou a ter outra oportunidade aos 15' por Bruno Pereira. O Sporting voltaria a marcar quatro minutos depois desta boa ocasião fundanense, por intermédio de Café, que fuzilou o guarda-redes Carlinhos, com um remate seco, numa jogada que nada fazia prever que desse neste desfecho.

Na segunda parte a Desportiva do Fundão veio diferente, para melhor e equilibrou a partida, não tanto em posse de bola, visto ser o Sporting a manter o estatuto de equipa mais dominadora, mas sim em termos de situações de golo evidentes. Apesar desta melhor entrada no jogo o Sporting ainda teve ocasião para elevar o resultado para 3-0, com um golo apontado por Alex, que conseguiu fugir à marcação de Jeffreson, para colocar o resultado com uma vantagem bem confortável para os leões. Dois minutos depois deste terceiro golo a equipa fundanense ameaçou com um remate de Bruno César, depois de assistência de Couto. Não foi desta foi na jogada seguinte que a ADF conseguiu reduzir para 3-1, com um golo apontado por Esquerda. Este primeiro golo resulta de uma boa jogada colectiva,com a bola a ser colocada ao segundo poste onde estava Bruno César, que assistiu Esquerda que vinha de frente para a baliza. Curiosamente, nos segundo seguintes o Sporting volta a colocar o marcador com a diferença de três tentos. O 4-1 foi apontado por Zézito, que voltou a aproveitar uma desatenção da defensiva dos fundanenses.

Em três minutos o marcador sofreu oscilações sucessivas, golo da ADF, golo do Sporting e novo golo da ADF, desta feita apontado por Adriano. Couto na posição de pivot assistiu Adriano e este com um remate de raiva colocou o resultado com a diferença em dois tentos. Foi só no último minuto da partida que o marcador voltou a mexer e, de novo para a Desportiva. Bruno Pereira bateu de forma superior um livre de 10 metros, quando faltavam 30 segundos para final. O outro Bruno, o César, teve o empate nos pés, num remate desferido a 3 segundos dos 40, com a bola a passar muito próximo do poste.

Considerando as ambições das duas equipas, o resultado, embora negativo, não deixa de ser um resultado muito motivador, para o que resta do campeonato.

A Desportiva está a praticar um futsal de qualidade e, se mantiver esta forma de estar, com naturalidade, achamos que estão criadas condições para que os objectivos traçados possam ser alcançados.

Em termos individuais o destaque vai para a excelente exibição do guardião Carlinhos.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados