RCB/TuneIn
Terça, 28 Fev 2017
PUB
RCB
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
UMVI COLOCOU O INTERIOR NA AGENDA POL√ćTICA
Rádio Cova da Beira
A Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI) teve o mérito de colocar o interior na agenda política, mas podia ter ido mais longe. A opinião de Luís Garra, coordenador da USCB, deixada no debate promovido pela RCB que analisou o ano passado na região e perspectivou 2017.
Por Paula Brito em 28 de Jan de 2017
 

 

 “Porque a Unidade permitiu uma coisa muito importante que foi recolocar o debate sobre o desenvolvimento económico e social do interior na ordem do dia, já que mais não fosse teve esse mérito, agora acho que era desejável e possível ter ido muito mais além, agora o documento é aberto, de avaliação semestral, vamos ver como é que evolui”.

Ao plano nacional de coesão territorial que saiu do trabalho da unidade de missão faltam medidas transversais e financiamento associado considera o professor universitário João Leitão “este documento não é transversal, não tem medidas transversais e tem outra lacuna, não tem programação financeira, não tem fichas individuais por projecto, portanto deixa perceber que não há intenção de se realizar investimento público”.

A ausência da componente de investimento é também apontada pelo autarca Marco Marques “eu vou compreender o papel da UMVI quando conhecer a unidade operacional de investimento para o interior, até porque os estudos são mais que muitos, e na data que anunciarmos o capital e onde vamos fazer o investimento, aí vou perceber a importância dela”.

João Bernardo, outro dos convidados do painel da RCB considera que apesar da virtude de debater a temática para do interior, unidade de missão não trouxe nada de novo “não há nada de novo, ninguém descobriu a pólvora, nós há 40 anos que andamos a discutir isto, teve de facto a virtude dizer que é preciso mexer em alguma coisa, não sei se os vão deixar mexer em alguma coisa”, para o advogado o plano teve também a virtude de colocar os autarcas a falar a uma só voz “vi da maioria dos autarcas uma grande preocupação com aquilo que são as prioridades para o interior que são as pessoas e a riqueza”.

A opinião do painel de convidados da RCB sobre a Unidade de Missão para a Valorização do Interior que marcou o ano 2016. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados