RCB/TuneIn
Quarta, 28 Jun 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“TEMOS SITUAÇÕES DRAMÁTICAS”
Rádio Cova da Beira
O líder da bancada do movimento “Acreditar Covilhã” considera que a câmara da Covilhã nada fez para ultrapassar algumas situações dramáticas que se vivem no concelho ao nível da circulação rodoviária.
Por Nuno Miguel em 26 de Jan de 2017

Na última reunião pública do executivo, Pedro Farromba recordou que continua por apresentar o plano de intervenção nas estradas municipais e sublinha que há intervenções que tem carácter de urgência como é o caso da estrada da corda do rio “nós continuamos a ter situações que são verdadeiramente dramáticas no concelho; por exemplo a estará do rio abaixo está num estado lastimável e é preciso olhar para isso. Temos ainda previstos alguns dias sem chuva e podia-se tentar minimizar o que está a acontecer até porque foi feito um investimento na aquisição de um conjunto de máquinas. Estamos a falar de uma zona onde reside uma boa parte da população do nosso concelho mas onde nada foi feito”. 

Na resposta o presidente da câmara da Covilhã referiu que “esta não é a melhor altura do ano para se proceder a reparações porque o alcatrão tem de ter temperatura suficiente quer no transporte até ao local quer na sua aplicação e se o fizermos agora será estar a deitar dinheiro à rua. Só é possível realizar essas intervenções quanto o tempo começar a aquecer”. No caso concreto apontado pelo vereador do MAC, Vítor Pereira sublinha que “está prevista uma intervenção entre o Tortosendo e o Barco, sendo que a zona que está mais danificada é entre o Dominguiso e o Tortosendo. Para além disso pretendemos também requalificar toda a área entre a ponte de Alcaria e o monumento ao farrapeiro uma vez que essa área está muito danificada”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados