RCB/TuneIn
Terça, 22 Ago 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“ATRASOS SÃO PREOCUPANTES”
Rádio Cova da Beira
Pedro Farromba mostra-se muito preocupado com a existência de atrasos de quatro meses na transferência de verbas, por parte da câmara da Covilhã, para as instituições particulares de solidariedade social que fornecem refeições às crianças que frequentam as escolas do primeiro ciclo.
Por Nuno Miguel em 25 de Jan de 2017

Na última reunião pública do executivo o líder da bancada do movimento “Acreditar Covilhã” pediu explicações sobre o assunto e também sobre os atrasos nos pagamentos às funcionárias que desempenham funções na componente de apoio à família “sei que ainda não foi pago o mês de Dezembro e por isso é preciso olhar com uma atenção especial para isto, bem como para o pagamento das refeições às IPSS que estão atrasos há mais de quatro meses. Estamos a falar de instituições que tem um objectivo social e esse social não é apoiar a câmara”.

Uma resposta que o presidente da câmara da Covilhã delegou no chefe de divisão financeira do município. Júlio Costa admitiu a existência desses atrasos mas garante que a situação deve ser ultrapassada em breve “no caso da componente de apoio à família os atrasos que se verificam ficam a dever-se ao facto de os recibos serem entregues no início de Janeiro, quando estão a decorrer os procedimentos relativos ao começo do ano, e onde todas as despesas são afectadas ao novo orçamento e isso leva algum tempo. De qualquer maneira as ordens de pagamento já estão a ser emitidas e durante a próxima semana os montantes em atraso serão pagos e a partir dai tudo entra no ritmo normal. Relativamente à questão das refeições elas estão a ser pagas a dois ou três meses porque há necessidade de existir o envio da factura por parte dessas associações temos ainda que fazer a verificação do número de refeições de acordo com os mapas que são remetidos pelas escolas”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados