RCB/TuneIn
Sábado, 24 Jun 2017
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
COVILHÃ: CDS/PP NÃO ACREDITA NA VITÓRIA DO PS
Rádio Cova da Beira
"Só um milagre fará com que o actual presidente da câmara municipal da Covilhã vença as próximas eleições autárquicas no concelho", afirma o presidente da concelhia do CDS/PP covilhanense.
Por Paulo Pinheiro em 24 de Jan de 2017

Em entrevista ao programa "Flagrante Directo", da RCB, Nuno Reis, afirma que a candidatura que o CDS/PP apresenta à presidência da câmara "é uma melhor solução do que inclusive uma lista de coligação porque é a solução identitária do partido". Aquele responsável espera que os covilhanenses reconheçam que a candidatura de Adolfo Mesquita Nunes "não é uma solução de geringonça partidária. O CDS trabalhou profundamente para apresentar uma boa solução para a Covilhã".

 

Unir o centro/direita é outros dos propósitos da candidatura do PP "até outras ideologias políticas que não se revejam neste centro direita mas que se revêm no trabalho que Adolfo Mesquita Nunes efectuou em outras tarefas governativas que tem desenvolvido. É uma solução para unir os covilhanenses em torno de uma oportunidade única que provavelmente outros partidos não souberam aproveitar", acrescenta Nuno Reis.

 

Com a apresentação das candidaturas do CDS/PP e do PSD, o líder da concelhia dos centristas defende não existir espaço para o aparecimento de outra candidatura nesta área política

 

 

"Não haverá nenhuma possibilidade até porque, a confirmar-se, será um risco para essa candidatura e uma benesse que darão ao actual presidente da CMC, Vítor Pereira, porque dividem os votos, O desânimo que é constante nas conversas dos covilhanenses sobre esta governação da câmara, só por um milagre é que o actual presidente vencerá as eleições de 2017", conclui.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2017 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados