RCB/TuneIn
Quinta, 22 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
BOICOTE AO ARRANQUE DO ANO LECTIVO EM PENAMACOR
Vereadora com o pelouro do ensino denuncia tentativas de boicote ao arranque do ano lectivo no concelho. Ilidia Cruchinho lamenta o "oportunismo politico" da oposi??o.
Por Paula Brito em 17 de Sep de 2009

Em causa está a solução encontrada pela câmara municipal para as cerca de 100 crianças do primeiro ciclo que não tinham salas de aulas na sede de concelho "uma vez que a escola sede do agrupamento não tinha salas para estas crianças só nos restavam duas alternativas: ou alugar contentores ou fazer obras no colégio que tem todas as condições para acolher os alunos" explicou a autarca na última reunião do executivo.

Ilídia Cruchinho lamentou no entanto "as tentativas de boicote que nos últimos dias algumas pessoas fizeram junto dos pais dizendo que o edifício não tinha condições, que estava cheio de ratos e com o tecto a desabar...". Uma situação que acabou por ser benéfica uma vez que "obrigou os pais a ir ao local onde verificaram que tinha todas as condições necessárias para acolher as crianças este ano lectivo". No próximo ano lectivo, a autarca espera que o centro educativo, que vai acolher os alunos do primeiro ciclo, já esteja concluído.

Vítor Gabriel demarcou-se da acusação da autarca, mas o vereador da oposição reiterou a crítica que tem feito ao longo do mandato em relação ao edifício "o colégio foi utilizado para pagar um favor pessoal e um favor político". Vítor Gabriel fez as contas "aos mais de 150 mil euros que já foram pagos ao proprietário juntam-se agora 37.500 euros em obras que vêm beneficiar um edifício privado".

  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados