RCB/TuneIn
Sábado, 24 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
FUNDÃO: ANUÁRIO FINANCEIRO TEM “ASPECTOS POSITIVOS”
Rádio Cova da Beira
O líder da bancada do PS na câmara municipal do Fundão refere que o último anuário financeiro dos municípios Portugueses tem aspectos positivos para o concelho. O documento foi publicado na semana passada e motivou a análise de José António Domingues na última reunião pública do executivo.
Por Nuno Miguel em 29 de Nov de 2016

Outras da categoria:

O vereador socialista aponta como alguns dos dados mais relevantes o 33º lugar ocupado pelo município com menor peso no pagamento de despesas com pessoal, na 15ª posição com maior investimento por habitante entre 2006 e 2015 e em 29º lugar nos municípios com maior volume de pagamento de dívida. Apesar dos indicadores positivos, José António Domingues sublinha que é muito importante não perder o rumo da qualidade “estes indicadores na sua maioria são positivos; obviamente que para mim a dívida é preocupante mas importa aqui realçar que neste trabalho o Fundão ocupa o 24º lugar dos municípios que mais melhoraram o índice de dívida total. Por isso eu entendo que a gestão rigorosa e não despesista e a lei que temos de seguir e o que verdadeiramente é importante é que não se perda o rumo da qualidade. Esse é que deve ser o nosso principal estímulo e criar condições de sustentabilidade para continuar a defender o bem estar dos nossos munícipes”. 

Na resposta o presidente da autarquia sublinha que nos últimos dez anos o valor global do investimento no concelho ronda os 300 milhões de euros. Já quanto ao valor da dívida, Paulo Fernandes espera que ela possa ser diminuída para os 67 milhões de euros até final deste ano “sabemos que temos uma dívida grande e que temos estado a liquidar e somos dos municípios que estão a pagar mais dívida pelo índice que o senhor vereador acabou de referir, onde estamos nos 30 primeiros. A nossa dívida actualmente está na casa dos 68 milhões mas esperamos que até final do ano ele entre na casa dos 67 milhões e que possamos, com muita racionalidade, e com um rumo certo dar continuidade a um indicador que do meu ponto de vista é brutal, refiro-me ao investimento, onde nestes dez anos temos um investimento global de 300 milhões de euros o que significa um valor de 10 mil euros per capita”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados