RCB/TuneIn
Sábado, 24 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
TRIBUNAL DE TRABALHO DA COVILHÃ: ACTUAIS INSTALAÇÕES SÃO PROVISÓRIAS
Rádio Cova da Beira
A ministra da justiça admite que aguarda “com impaciência” a resolução do litígio entre a câmara municipal da Covilhã e a associação “Rude” para a instalação do tribunal de trabalho naquela cidade nas antigas casas de função dos magistrados.
Por Nuno Miguel em 23 de Nov de 2016

Outras da categoria:

A questão foi levantada por Hortense Martins, deputada do PS eleita pelo distrito de Castelo Branco na assembleia da república, no decorrer das audições na especialidade da proposta de orçamento de estado para o próximo ano. A eleita socialista sublinha que “este tribunal esteve em instalações altamente degradadas durante demasiado tempo, sem que o anterior governo PSD/CDS procedesse à resolução deste problema, nem à tomada de qualquer medida.”

Hortense Martins acrescenta que “este governo teve um comportamento e atitude totalmente diferentes, logo que foi tomando conhecimento desta situação” decidindo instalar o tribunal de trabalho no edifício do palácio da justiça, de forma provisória. A deputada do PS sublinha que “tendo surgido entretanto algumas questões solicitamos a confirmação deste facto” e pedindo esclarecimentos sobre a solução que está a ser trabalhada com o presidente da câmara.

Francisca Van Dunen referiu à deputada socialista que a actual situação “é provisória” e acrescentou que “há um litígio acerca das chamadas casas de função, local que consideramos apropriado para a instalação em definitivo do tribunal de trabalho, e o governo aguarda, confesso, com uma certa impaciência a resolução deste litígio.”


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados