RCB/TuneIn
Segunda, 19 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
“SÓ DEVE SER ALTERADO O QUE ESTÁ MAL”
Rádio Cova da Beira
Até final deste ano a direcção nacional da Anafre vai apresentar o relatório final do inquérito que está a ser promovido em todo o território para avaliar os impactos dos processos de fusão e agregação de freguesias que foi concretizado em 2013. O prazo foi avançado por um dos vice presidentes da associação nacional de freguesias, durante o encontro distrital daquela estrutura que decorreu este sábado em Penamacor.
Por Nuno Miguel em 21 de Nov de 2016

Outras da categoria:

De acordo com Jorge Neves são “não se pode esperar que tudo volte a ser como era dantes; há situações que mostraram ser vantajosas para as autarquias e para os fregueses e neste inquérito há algumas que ficam bem claras. Se há situações que estão bem é assim que devem ficar e só devem ser alteradas as que estão mal. Aquilo que nós entendemos é que tem de ser localmente as freguesias e as câmaras municipais a tomaram uma posição muito clara relativamente a essas situações e a proporem alterações”.

O vice presidente da Anafre deixou ainda um forte apelo para que as freguesias agregadas que ainda não responderam a este inquérito até final deste mês. Já quanto à reversão do processo, que é exigida por várias autarcas, Jorge Neves não acredita que isso possa acontecer antes das eleições autárquicas do próximo ano “aqui que me parece é que qualquer alteração não vai acontecer antes das próximas eleições; esta é a minha sensação pessoal e que vale o que vale. E por isso a sugestão que deixo aos autarcas que não concordam com a união de freguesias que foi feita devem fazer sentir esse desagrado no inquérito que estamos a promover porque esse vai ser um objecto de análise por parte do grupo técnico”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados