RCB/TuneIn
Sexta, 10 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
TREINADOR DA ADF CRITICO
Rádio Cova da Beira
Adil Amarante diz que o resultado por 9-1 frente ao Sporting Clube de Portugal “foi pouco” para a exibição da equipa fundanense que “nunca esteve dentro do jogo”. O técnico brasileiro, no final do encontro disse à RCB que “todos temos que ter vergonha na cara”, distribuindo a responsabilidade pelo próprio, jogadores e direcção.
Por Paulo Pinheiro em 17 de Nov de 2016
 “As responsabilidades são minhas, dos jogadores, da direcção, aqui não se ganha nem se perde sozinho, são várias as situações que devem ser analisadas e a partir daí ver qual o caminho a seguir, aí fica a cargo de quem manda”, refere Adil Amaral.

Numa análise ao jogo, o técnico brasileiro ao serviço da ADF reconhece que a sua equipa “nunca esteve dentro do jogo, se não conseguimos jogar com a bola no pé, pelo menos defender um pouco melhor, e nem isso aconteceu”.

Um desempenho que para o técnico não tem desculpas “da forma que as coisas aconteceram, com erros infantis, qualquer desculpa é esfarrapada, temos é que ter vergonha na cara e trabalhar com mais vontade, hoje foi o que faltou”.

A derrota por 9-1 ontem em Odivelas frente ao SCP foi a mais pesada desde que a ADF participa no campeonato de futsal da primeira divisão. A equipa fundanense volta a jogar para a Liga Sport Zone, este sábado, às 16h frente ao Unidos Pinheirense.  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados