RCB/TuneIn
Quarta, 21 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ASSEMBLEIA GERAL VIOLA ESTATUTOS
Rádio Cova da Beira
A direcção da mutualista covilhanense acusa o presidente da mesa da assembleia geral da instituição, Carlos Roque, de ter convocado ilegalmente uma reunião magna de associados com carácter extraordinário para esta noite.
Por Nuno Miguel em 24 de Oct de 2016

De acordo com o elenco directivo, tratou-se de uma decisão pessoal que “não é só irresponsável como ineficaz. A precariedade da sua decisão intenta a favor da relação anti ética entre os diferentes órgãos sociais da instituição”. Em carta enviada ao presidente da assembleia geral a direcção da mutualista afirma que “mais preocupante e comprometedor foi condenar a convocatória à total perda de eficácia” dado que o artigo 36 dos estatutos em que Carlos Roque se baseia para esta tomada de posição apenas diz respeito à convocação de reuniões ordinárias e não extraordinárias do órgão.

A direcção acrescenta que esta convocatória também viola o artigo 37 dos estatutos dado que “as assembleias extraordinárias são convocadas a pedido da direcção ou do conselho fiscal, o que não aconteceu” assim como não cumpre a premissa de 30 por cento dos sócios efectivos necessários para efectuar a reunião.

O elenco directivo liderado por Nélson Silva sublinha que o não cumprimento dos estatutos com a conivência do presidente da assembleia geral “responsabiliza-o pessoalmente com consequências no foro jurídico”, acrescentando que qualquer deliberação resultante da assembleia desta noite “será considerada nula”, admitindo a direcção tomar “todas as medidas legais para as contestar, correndo por sua conta as despesas e custas destes processos”.

Nesta carta a direcção refere que não está preocupada com a realização de assembleias gerais mas com a decisão individual do presidente da mesa “geralmente decisões individuais estão associadas à glorificação pessoal, e isso é preocupante”.

Lembrando que Carlos Roque participou, ao longo deste mandato, em oito reuniões com todos os órgãos sociais da instituição, “em que a sua opinião foi sempre considerada”, e tendo sido reconduzido como administrador da “Grafiestrela”, empresa com 100 por cento de capitais da mutualista covilhanense, a direcção convoca o presidente da assembleia geral para uma reunião nos dias 25 ou 26 de Outubro, às 21:00, na mutualista covilhanense ou em datas alternativas indicadas por Carlos Roque.  

O presidente do órgão convocou para esta noite uma assembleia geral extraordinária com dois pontos na ordem de trabalhos; informações e estatutos da mutualista, baseando-se no número três do artigo 36 dos estatutos da instituição.

Contactado pela RCB, Carlos Roque não faz quaisquer comentários sobre o assunto, alegando desconhecimento da missiva da direcção da mutualista.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados