RCB/TuneIn
Sexta, 10 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
“TENHO A FORTE CONVICÇÃO DE QUE CONTINUAREI A MERECER A VOSSA CONFIANÇA”
Rádio Cova da Beira
Vítor Pereira espera ser reeleito presidente da câmara municipal da Covilhã nas eleições autárquicas do próximo ano. Um desejo expresso pelo autarca na sessão solene comemorativa dos 146 anos de elevação da Covilhã a cidade e onde foi feito o balanço da actividade desenvolvida ao longo destes três anos de mandato.
Por Nuno Miguel em 20 de Oct de 2016

De acordo com o autarca covilhanense, apesar da difícil situação financeira que foi encontrada, o actual executivo conseguiu dar resposta a alguns dos principais problemas que afligem o concelho e prepara-se para arrancar com um conjunto de projectos estruturantes para o futuro, como a requalificação do teatro municipal assim como dos edifícios do antigo liceu e da antiga esquadra da PSP ao abrigo do plano estratégico de desenvolvimento urbano.

Já em curso está o plano de requalificação de acessibilidades em todo o concelho e em breve vão arrancar obras em todo o parque escolar “no âmbito do pacto da comunidade intermunicipal vamos intervir em praticamente todas as escolas básicas e jardins de infância do nosso concelho, melhorando as condições de educação das nossas crianças, num investimento total de 600 mil euros. Ainda nesse âmbito vamos assinar amanhã, com a presença da secretária de estado da educação, o protocolo de execução das obras de requalificação da escola secundária Frei Heitor Pinto numa intervenção que vai ultrapassar os dois milhões e 800 mil euros”.

No plano de mobilidade que está previsto para o concelho, Vítor Pereira destaca a requalificação da central de camionagem assim como a rede de bicicletas eléctricas que vai ser desenvolvida em parceria com a universidade da Beira Interior. Mas dentro dessa área o autarca quer ainda acrescentar mais uma peça ao puzzle “com o propósito de valorizar o património natural da nossa região vou endereçar uma missiva às «Infraestruturas de Portugal» com a proposta de que a requalificação da linha da Beira Baixa até à Guarda inclua, paralelamente à ferrovia e onde tecnicamente e em termos de segurança seja possível, uma ciclovia de BTT que valorize turisticamente este activo regional que agora vai ser requalificado e que atravessa paisagens belíssimas”.

Na área cultural o autarca destaca o investimento que tem vindo a ser desenvolvido ao longo de todo o mandato e anuncia a definição de um programa plurianual para que o festival de arte urbana da Covilhã, este ano interrompido, possa regressar em 2017 e com condições de sustentabilidade para o futuro “infelizmente por razões de natureza financeira este ano não foi possível atempadamente apoiar dignamente a realização deste festival mas quero aqui anunciar que já dei indicações expressas para que no próximo orçamento municipal conste uma dotação orçamental especifica para assegurar a sua realização em 2017 e que levarei também à assembleia municipal, a fim de dar sustentabilidade a este projecto, uma proposta de apoio plurianual nesse sentido”.

Por tudo isto o autarca covilhanense espera poder voltar a merecer a confiança dos covilhanenses e ser reeleito para o cargo nas eleições autárquicas do próximo ano “tenho a forte convicção de que continuarei a merecer a vossa confiança pelo que espero no próximo ano, já como presidente reeleito, vir a inaugurar algumas das obras e projectos que hoje aqui referi. São sobretudo os grandes projectos de desenvolvimento e de futuro para a Covilhã que me motivam e absorvem e a minha energia enquanto presidente da câmara”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados