RCB/TuneIn
Quinta, 16 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
ASSOCIATIVISMO: ADE E CDA FORAM A VOTOS
Rádio Cova da Beira
Na passada 6ª feira, realizou-se a assembleia geral eleitoral da AD Estação. Na Covilhã, 15 sócios votaram por unanimidade a continuidade de Carlos Rebordão na liderança da comissão administrativa até 30 de abril de 2017, e aprovaram as contas da época 2015-16 com cerca de €10 mil positivos. O passivo é actualmente de €650 mil. O clube "não está em falência técnica", referem os dirigentes à RCB.
Por Miguel Malaca em 17 de Oct de 2016

Durante a reunião magna, os associados da ADE, também aprovaram por unanimidade a alteração dos artigos 32º, 33º e 34º dos estatutos do clube, relacionados com o prazo de entrega de listas para os orgãos sociais, marcação das assembleias gerais de contas, tendo em vista a partir de agora o ano civil(de 1 de janeiro a 31 de dezembro), e não o ano fiscal(de 1 de julho a 30 de junho do ano seguinte).

Os sócios da AD estação aprovaram também um voto de louvor apresentado pelo presidente da mesa da assembleia geral, no sentido de "enaltecer todo o trabalho desenvolvido pelo actual presidente do conselho fiscal Paulo Ramos, na ajuda, dedicação, empenho e apoio que tem dado ao longo dos anos ao clube e em particular em encontrar uma engenharia financeira para debelar o passivo da ADE, e o mesmo digo em relação a Vitor Rebordão, que não merece o que lhe fizeram, e merece, isso sim, uma justa homenagem". Disse Luís Fiadeiro.  

A proposta foi aprovada por unanimidade e aclamação.

Quanto a Carlos Rebordão, refere que " esta situação foi a melhor para o clube, a continuidade da comissão administrativa até abril do próximo ano, até porque também não apareceram listas, e vamos continuar o nosso trabalho e fazer com que a época desportiva corra bem, em todos os escalões, e que ao nível das obras, elas possam recomeçar em breve com o apoio da Câmara Municipal da Covilhã, na qual agradecemos estes 48 mil euros de retroactivos de janeiro, que irão direitinhos para amortizar o passivo, que está controlado, é elevado, mas controlado, e não estamos em falência técnica como muita gente diz por aí, muito pelo contrário. Em abril, vamos ver se serei candidato ou não a presidente do clube. Temos tempo." Concluiu o líder da comissão administrativa da ADE.

Quanto ao Clube Desportivo de Alcains, Élio Esteves, foi reeleito por unanimidade (candidato único) presidente da direcção, para o biénio 2016-18.  

Os 11 sócios aprovaram também por unanimidade o relatório e contas da temporada 2015-16, cujo saldo é positivo em cerca de €5 mil.

Ramiro Rafael e Carlos Mingacho, mantêm-se na presidência da assembleia geral e conselho fiscal, respectivamente.

Os orgãos sociais já tomaram posse.

Relativamente aos objctivos de mandato, o líder dos "canarinhos" de Alcains, diz que "os objctivos passam por manter uma equipa competitiva nos seniores e lutar pelo título, mesmo não sendo obsessão, continuar com o futebol de formação, ténis de mesa, e tentar nestes dois anos, colocar também no terreno, com o apoio da Câmara Municipal de Castelo Branco, o projecto que temos para requalificar o estádio e o parque desportivo "Trigueiros de Aragão", a começar pela colocação de um relvado sintético junto ao pelado existente." Refere Élio Esteves à RCB.  

 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados