RCB/TuneIn
Sábado, 06 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
“A COVILHà NO TEMPO DO INFANTE D. HENRIQUE”
Rádio Cova da Beira
É este o título da obra lançada para assinalar os 600 anos da atribuição do título de senhorio da Covilhã a uma das personagens mais marcantes da história Portuguesa e que reúne o contributo de vários autores correspondentes da academia portuguesa de história.
Por Nuno Miguel em 13 de Sep de 2016

Na apresentação deste trabalho a presidente daquele organismo destaca a importância da obra para perceber o percurso de vida de uma personalidade que não foi apenas um navegador mas o grande senhor de Portugal “a grande maioria das vezes as pessoas falam do infante D. Henrique como o grande navegador mas sem dúvida que ele foi o grande senhor de Portugal. Basta relembrar que a sua grande casa, que era a de Viseu, era a casa com mais rendimentos do reino quando ele a deixa em legado ao seu filho adoptivo D. Fernando”.

De acordo com Manuela Mendonça, a atribuição do título ao infante de senhorio da Covilhã fez parte de uma estratégia que D. Henrique idealizou e que lhe permitiu ser o grande senhor da Beira “ele vai conseguir juntas às terras de Viseu, que já tinha, o senhorio da Covilhã o que lhe permitiu estabelecer uma ligação muito forte aos castelos da ordem de Cristo. É muito interessante tentar analisar a sua estratégia dele porque não foi o rei que, da sua cabeça, se lembrou de lhe atribuir o senhorio da Covilhã. Há aqui uma estratégia clara de juntar as duas beiras, que ele trabalha, para conseguir lugares determinantes em todo o seu projecto de engrandecimento pessoal”.

António Santos Pereira, Antonieta Garcia, Candeias da Silva, Carlos Madaleno e Sandra Ferreira são alguns dos autores responsáveis pela elaboração desta obra que procura passar em revista os factos mais marcantes da vida e do legado do infante D. Henrique assim como a sua ligação à Covilhã.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados