RCB/TuneIn
Sexta, 22 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
EXIBI??O CINZENTA
O Sporting da Covilh?, foi derrotado na desloca??o a Barcelos por 3-0. N?meros expressivos que penalizam os erros defensivos, da equipa de Jo?o Eus?bio.
Por César Duarte Ferreira em 31 de Aug de 2009

Logo ao minuto 8, na sequência de um livre bombeado para a área, Kiko é mais rápido que os centrais serranos e faz o 1-0. Numa primeira parte onde só dava Gil Vicente, os “galos” podiam ter aumentado a vantagem por diversas vezes, a mais flagrante, ao minuto 28, com Rui Pedro na cara de Igor, a permitir a defesa do guardião serrano.

 

Lance que o Covilhã podia ter respondido aos 44, de grande penalidade, a castigar mão na área do capitão gilista, Pedro Arantes. Chamado à conversão Pimenta permitiu a defesa de Márcio Ramos.

 

Na segunda parte mais do mesmo. À melhor entrada serrana respondeu o Gil com o 2-0. Ao minuto 52, um mau passe de Milton coloca a bola nos pés de Rui Pedro, que com um bonito chapéu, aumenta a vantagem.

O resultado final foi fixado por Hugo Vieira, já em período de compensação, depois de um rápido contra-ataque.

 

Para João Eusébio, o Sporting da Covilhã “não entrou bem no jogo. Nos primeiros 15 minutos fomos passivos, depois aos poucos e poucos fomos equilibrando a partida, até que há semelhança da semana passada falhamos um penalty. Na segunda parte voltamos a não entrar bem e sofremos mais dois golos de erros nossos. Acho que defensivamente falta atitude mental para correr sem bola”.

 

Para o técnico do Gil Vicente, Rui Quinta, “esta é uma vitória justa, perante um bom adversário. Criamos uma mão cheia de oportunidades, onde três foram aproveitadas”.

Com esta derrota, o Sporting da Covilhã é décimo, na liga Vitalis, com três pontos.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados