RCB/TuneIn
Domingo, 05 Dez 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
BELMONTE: TEATRO DAS BEIRAS TERMINA DIGRESSÃO
Rádio Cova da Beira
O Teatro das Beiras apresenta esta quarta-feira, pelas 21:30H, na pra√ßa das Artes, em Belmonte, a pe√ßa "loa, x√°acara e bugiganga", de Calder√≥n de la Barca. √Č o final da digress√£o da pe√ßa que a companhia levou a v√°rias localidades da regi√£o.
Por Paulo Pinheiro em 31 de Aug de 2016

Sobre o espetáculo:

 

Um teatro de todos os tempos.

A extensa obra teatral de Calderón de la Barca (1600-1681) é um legado cultural inalienável da humanidade e constitui ainda hoje um “material“ cénico motivador e inspirador, ocupando permanentemente um espaço peculiar na criação teatral contemporânea. Calderón é seguramente um dos dramaturgos do Século de Ouro espanhol que mais destacadamente influenciou e contribuiu para a edificação da cultura europeia. Os géneros “maiores” como os dramas de honra ou os autos sacramentais, não ocultam a identificação deste genial dramaturgo com o chamado “teatro menor” ou “teatro breve”, donde retirámos os textos que estruturam este espetáculo; “As carnavalescas” e “As visões da morte”.

O teatro como festa, a “irracionalidade abstracta” onde o carácter sério das comédias mitológicas e autos sacramentais contrastam com a escrita de um teatro social, habitado por personagens do tipo popular que povoam as loas, xácaras e entremezes. A festa burlesca, o riso, a censura, o mundo ao contrário, os rituais carnavalescos nos limites da transgressão; o teatro por dentro do teatro.

No seguimento de anteriores produções do Teatro das Beiras, “Loa, xácara e bugiganga” é uma proposta para o reencontro de um clássico universal com largas faixas de público num espetáculo de ar livre.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados