RCB/TuneIn
Domingo, 15 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
TARDE DESPORTIVA
Rádio Cova da Beira
Na segunda liga o Sporting da Covilh√£ voltou a perder, desta feita em Portim√£o. No Campeonato de Portugal a jornada correu bem a Benfica e C.Branco, para Sertanense e V. Sernache. Correu menos bem para o Oleiros, que perdeu em F√°tima.
Por José Joaquim Ribeiro em 28 de Aug de 2016

2ª Liga - 5ª jornada

 

Portimonense 2-1 Sp. Covilhã

 

Para este jogo Filipe Gouveia escalou o seguinte onze: Hugo Marques, Joel, Zé Pedro, Soares, Diarrá, Mike, Djikiné, Gilberto, Pintassilgo, Bokila e Harramiz.

 

Já se joga em Portimão à cerca de 30 minutos, o Covilhã tem dado a iniciativa de jogo ao Portimonense, mas a melhor oportunidade deste período foi para o Covilhã,  aos 22' com Ricardo Ferreira a fazer uma grande defesa.

 

A  primeira parte terminou com o resultado em branco, num jogo equilibrado mas com a equipa da casa a ter mais ocasiões para marcar, mas a defensiva serrano mostrou-se sempre muito concentrada e foram chegando para as investidas dos algarvios.

 

68' 1-0 Ricardo Pessoa. Livre junto da área com o capitão da equipa algarvia a rematar direto para o fundo das redes de Hugo Marques.

 

70' 2-0 Pires. O Sporting da Covilhã sofre dois golos de rajada e praticamente entrega o jogo aos algarvios.

 

84' 2-1 Cristian Ponde. Cruzamento de Davidson, com o jovem serrano a desviar para fundo das redes. Seis minutos para o final, o jogo foi relançado com este golo.

 

89' Penalti cometido por Diarra, Pires bateu e Hugo Marques defendeu, deixando tudo em aberto para o período de descontos.

 

Terminou o encontro e o Sporting da Covilhã soma a 4ª derrota da temporada na 2ª liga. Os serranos jogaram muito bem na primeira parte mas na segunda, que não foi tão bem jogada, deixou que o Portimonense marcasse dois golos em dois minutos, comprometendo a estratégia para o que restava da partida. Ainda reduziu, relançando o jogo, mas já não foram a tempo. Hugo Marques bem fez o possível para manter o jogo em aberto, com a defesa de uma grande penalidade, mas o mal já estava feito.

 

Agora vem ai uma paragem, que poder ser muito importante para os serranos prepararem o jogo com a Académica, marcado para 11 de Setembro, pelas 11h15.

 

 

Campeonato de Portugal - Série E - 2ª jornada

 

 

Benfica C. Branco 3-0 Carapinheirense

 

10' 1-0 Adul Seidi

 

65' 2-0 João Ventura g/p

 

70' 3-0 Abul Seidi

 

Segundo jogo segunda vitória, segunda goleada para os albicastrenses, que começaram muito bem o jogo desta tarde, passou por um período de acalmia, mas voltou ao jogo para cimentar a vitória na partida. Os encarnados de Ricardo António foram de tal forma superiores ao seu adversário que o resultado apenas peca por escasso.

Agora vem ai a Taça de Portugal, com o Benfica a jogar na Figueira da Foz e depois regressa, dia 11 de Setembro, o campeonato com os benfiquistas a terem deslocação a Leiria para jogarem com a União local.

 

 

V. Sernache 2-0 Naval

 

30' 1-0 Filipe Silva

 

89' 2-0 David Nunêz

 

Uma importante vitória para os comandados de António Joaquim. Era importante vencer na primeira partida realizada em casa e o Vitória não desperdiçou a oportunidade para somar os primeiros pontos.

No regresso do campeonato o Sernache desloca-se a casa do Carapinheirense. Pelo meio vem ao Fundão para jogar com o Académico para a Taça de Portugal.

 

 

Sertanense 5-1 Sp. Ideal

 

27' 1-0 Kelvin Medina

 

45' 2-0 Tito Junior

 

65' 2-1 André Oliveira g/p

 

67' 3-1 Abul Seidi

 

78' 4-1 Tito Junior

 

89' 5-1 Ricardo Oliveira

 

Quando o jogo termina em goleada a duvidas não existem. O Sertanense foi de tal forma superior ao seu adversário, que o resultado apenas traduziu o que se o passou na partida. O Sertanense soma o máximo de pontos e isso é muito importante para o clube da Sertã.

No próximo jogo o Sertanense vai jogar na Figueira da Foz, com a Naval, pelo meio fica a paragem para se disputar a primeira eliminatória da Taça de Portugal com o Sertanense a jogar em casa com o Marinhense.

 

 

Fátima 3-2 Oleiros

 

47' 0-1 Lelé

 

48' 1-1 Pedro Emanuel

 

55' 1-2 Jackson

 

81' 2-2 Damal

 

85' 3-2 Pedro Emanuel

 

O Oleiros teve o pássaro na mão mas nos últimos 10 minutos deixou que  fugisse. A equipa esteve bem mas a falta de experiência terá sido fatal. 

 

Vem ai a Taça de Portugal, com o Oleiros a deslocar-se a Alcains, depois, quando o campeonato regressar, vão até aos Açores para jogarem com o Operário.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados